Cidadeverde.com
Esporte

Santos supera o Fluminense e deixa a zona de rebaixamento do Brasileiro

Imprimir

O Santos iniciou bem, nesta quarta-feira (27), uma dura sequência que vive na tentativa de escapar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Na Vila Belmiro, o time dirigido por Fábio Carille venceu o Fluminense por 2 a 0 e deixou o grupo dos quatro últimos colocados da tabela.

Foto - Lucas Merçon - Fluminense F.C

Madson e Diego Tardelli, que marcou o primeiro gol dele com a camisa alvinegra, definiram o placar. Foi apenas o sétimo triunfo da equipe praiana em 28 jogos no Nacional. Com 11 empates e 10 derrotas, soma agora 32 pontos e ocupa a 16ª posição, três pontos acima do Juventude, o 17º, com 29.

O triunfo melhorou o rendimento do Santos contra rivais que estão entre os dez primeiros colocados. Até o duelo desta quarta, atrasado da 23ª rodada, havia vencido apenas uma equipe do top 10, o Atlético-MG, na já distante sétima rodada. O Fluminense está em oitavo lugar, com 39 pontos.

No próximo sábado (30), o time de Carille vai enfrentar o Athtletico, o 12º. Depois, terá mais três jogos em sequência contra rivais que hoje figuram na primeira metade da tábua de classificação –Palmeiras, Red Bull Bragantino e Atlético-GO.

Se conseguir manter o ímpeto que apresentou diante do Fluminense, poderá conquistar pontos importantes na briga para se afastar da parte vermelha da tabela..

O Santos teve o domínio da etapa inicial e poderia ter ido para o intervalo com uma vantagem maior. Antes de abrir o placar, Madson acertou uma bola na trave, logo aos oito minutos.

O lateral direito santista levou vantagem nas principais disputas que teve com Marlon. E foi justamente nas costas do lateral tricolor que o camisa 13 apareceu para inaugurar o marcador, aos 32 minutos, após um belo lançamento de Zanocelo. De cabeça, Madson superou o goleiro Marcos Felipe.

A vantagem fazia jus à pressão exercida pelos donos da casa até encontrar o gol. Depois da vitória sobre o Flamengo na última rodada, 3 a 1, com uma ótima atuação, o Fluminense viajou a São Paulo desligado e, além de deixar espaços na defesa, quase não levou perigo à meta de João Paulo.

Segundo o site Sofascore, o Santos teve oito finalizações no primeiro tempo, três certas, enquanto a equipe carioca chutou apenas três vezes ao gol, nenhuma delas na direção da meta santista.

Depois do intervalo, mesmo com o crescimento dos visitantes na partida, os donos da casa conseguiram manter uma marcação consistente para apostar suas fichas nos contra-ataques.

E foi dessa forma que chegou ao segundo gol, ao 16 minutos, quando Marinho avançou pela direita e serviu Madson, que cruzou rasteiro para encontrar Diego Tardelli. Em seu oitavo jogo pelo Santos, o atacante fez o primeiro gol dele.

Com a vantagem mais confortável, a equipe de Carille teve tranquilidade para administrar o importante resultado.

Fonte: Folhapress

Imprimir