Cidadeverde.com
Esporte

Guarani vence o Sampaio Corrêa fora e mantém esperanças de acesso na Série B

Imprimir

O Guarani segue com chances de acesso na Série B do Campeonato Brasileiro. Na noite desta quinta-feira, o time paulista venceu o Sampaio Corrêa por 1 a 0, no estádio Castelão, em São Luís (MA), pela 32ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O jogo foi um confronto direto pelo G-4.

A vitória encerrou uma série de dois jogos sem vitória do Guarani, que agora aparece em sexto lugar, com 49 pontos. Quatro pontos de distância para o Goiás (4º), com 53 pontos. O Sampaio Corrêa ficou com os mesmos 40 pontos, mas agora em 11º lugar, ficando distante do acesso.

O primeiro tempo foi equilibrado e com os dois times no ataque para abrir o placar. O Guarani arriscou chutes de fora da área para surpreender fora de casa, enquanto o Sampaio Corrêa preferiu as bolas aéreas, apostando numa falha adversária para ficar com a vantagem.

Pelo Guarani, Júnior Todinho, aos 23, e Bidu, aos 31, finalizaram de longe e exigiram defesas do goleiro Luiz Daniel. Mas o Sampaio Corrêa respondeu e aos 35 balançou as redes com Ciel, após cruzamento de Luís Gustavo pela direita. Acontece que o VAR revisou e anulou o gol maranhense.

O lance foi bastante contestado pelo Sampaio Corrêa durante o intervalo, pois as imagens da transmissão da partida indicaram posição legal no lance e consequentemente o gol teria que ser validado, o que não aconteceu.

No segundo tempo a partida ficou mais movimentada. Logo no primeiro minuto, Pimentinha lançou Ciel na área e o atacante, cara a cara com o goleiro Rafael Martins, finalizou por cima do travessão.

O Guarani manteve a postura cautelosa, apostou nos contra-ataques e abriu o placar no Maranhão. Allan Victor invadiu a área e foi derrubado por Luís Gustavo, num lance em que foi revisado pelo VAR e acabou sendo marcado o pênalti. Bidu cobrou forte e fez o primeiro aos 21 minutos.

Além da desvantagem no placar, o Sampaio Corrêa também ficou com um jogador a menos em campo, já que Luís Gustavo foi expulso no lance do pênalti. O que dificultou ainda mais as chances do time da casa e buscar ao menos o empate na partida.

Cauteloso, o Guarani se fechou um pouco mais na reta final na expectativa de usar os contra-ataques para selar a vitória, porém, o resultado de 1 a 0 se manteve até o apito final.

O Sampaio Corrêa volta a campo na quinta-feira para enfrentar o CRB, às 21h30, no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL). Já o Guarani, no mesmo dia, mas às 19 horas, receberá o Vasco, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP).

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir