Cidadeverde.com
Esporte

Sampaio Corrêa vence Brasil e quebra jejum de quatro jogos na Série B

Imprimir

O Sampaio Corrêa quebrou o jejum de quatro jogos sem marcar gols e com derrotas, ao vencer por 2 a 1 o Brasil-RS, neste domingo à noite, no estádio Castelão, em São Luis (MA), pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. 

Foto - Jonh Tavares - Sampaio Correa

Com 43 pontos, em 11º lugar, a equipe está praticamente garantida na competição em 2022, que não vai ter o time gaúcho, lanterna com 23 pontos e já rebaixado à Série C.

O time maranhense também quebrou uma sequência negativa em casa, onde tinha perdido os últimos dois jogos para Vitória e Guarani, ambos por 1 a 0.

Agora sob o comando do técnico João Brigatti, o Sampaio espera somar, pelo menos, mais sete pontos nos últimos quatro jogos.

Talvez pela pressão, o Sampaio Corrêa não fez um bom primeiro tempo. Até esteve mais com a bola nos pés e finalizou de longe, porém, sem pontaria. O Brasil não levou nenhum perigo no ataque.

Mas o Sampaio voltou determinado no segundo tempo e abriu o placar aos oito minutos, Pimentinha fez jogada individual dentro da área e a bola sobrou na pequena área para o chute de Roney. Um gol muito comemorado.

A festa, porém, não demorou muito porque o time gaúcho empatou aos 16 minutos. Erison foi lançado na grande área e bateu em diagonal para deixar tudo igual. Sétimo gol dele na competição.

O Sampaio voltou a brigar pela vitória e Jackson perdeu gol certo aos 26 minutos quando entrou na área sozinho e chutou em cima do goleiro Marcelo.

A ansiedade era cada vez maior. Aos 37 minutos o VAR foi consultado para analisar um possível toque de mão na bola de um defensor do Brasil, que seria um pênalti para o time da casa. Mas não foi confirmado a penalidade.

O gol da vitória saiu aos 44 minutos. Pimentinha iniciou a jogada e deixou a bola com Maurício, que pisou na bola na entrada da área e bateu de esquerda. A bola entrou no canto direito de Marcelo.

Na próxima quinta-feira o Sampaio Corrêa vai receber o Vila Nova, às 19 horas, enquanto um dia antes o Brasil vai receber o Guarani, em Pelotas (RS).

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir