Cidadeverde.com
Esporte

Avaí busca virada no 2º tempo, vence Sampaio Corrêa e conquista acesso na Série B

Imprimir

Apesar de ter entrado em campo nesta 38.ª e última rodada da Série B do Campeonato Brasileiro dependendo apenas de suas forças para ficar com o acesso, o Avaí não teve vida fácil na tarde deste domingo dentro da Ressacada e com apoio de sua torcida. 

Foto - Fabiano Rateke / Avaí F.C.

Depois de sair atrás no placar, o time catarinense não abaixou a cabeça e buscou a virada no segundo tempo, vencendo o Sampaio Corrêa, por 2 a 1, para voltar à elite nacional após dois anos.

Agora, o Avaí se junta a Botafogo, Goiás e Coritiba, que já tinham garantido o acesso. Com o resultado, o time catarinense terminou na quarta posição, com 64 pontos, deixando para trás CSA, Guarani e CRB, que também lutavam por essa quarta e última vaga. 

Do outro lado, o Sampaio Corrêa, que entrou em campo apenas para cumprir tabela, terminou em 15º, com 47.

Apesar de entrar em campo precisando do resultado para ficar com o acesso, o Avaí não conseguiu ser objetivo no começo e só foi criar chances de perigo perto dos 30 minutos. 

Em duas delas, Marcos Serrato parou em belas defesas do Luiz Daniel. Já Getúlio tentou de cabeça, mas desta vez o zagueiro Allan Godói conseguiu salvar em cima da linha.

Do outro lado, o Sampaio Corrêa respondia em contra-ataques rápidos e em um deles, aos 36 minutos, conseguiu tirar o zero do placar. 

Ciel recebeu em velocidade e bateu na saída do goleiro Glédson, que viu a bola passando entre suas pernas para depois morrer no fundo das redes. Nos minutos finais, o duelo seguiu movimentado, mas o primeiro tempo terminou mesmo com a vitória parcial do time visitante.

Na volta do intervalo, o Avaí foi para cima e fez pressão na área adversária, mas só empatou aos 35 minutos. Depois de uma bola alçada na área, a bola desviou no braço do zagueiro Allan Godói. 

Ligado no lance, o árbitro marcou pênalti. Edilson foi para a cobrança, mas acabou parando na defesa de Luiz Daniel. O árbitro, porém, analisou o VAR e constatou invasão na área, mandando voltar a cobrança.

Na segunda tentativa, agora com novo cobrador, Valdívia não desperdiçou. Revoltado com a situação, o lateral-esquerdo Watson reclamou demais com o árbitro e foi expulso, prejudicando ainda mais o Sampaio Corrêa.

Com um jogador a mais, o Avaí fez uma verdadeira blitz na área adversária e marcou o gol da virada e do acesso aos 43 minutos. 

Depois de uma cobrança de escanteio, Renato desviou de cabeça e viu a bola nas redes. A partida ainda teve 10 minutos de acréscimos, mas terminou mesmo com a vitória do Avaí.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir