Cidadeverde.com
Esporte

Fortaleza bate o Juventude, e garante vaga inédita na Copa Libertadores

Imprimir

O Fortaleza bateu o Juventude por 1 a 0 na noite desta sexta-feira (3), no Castelão, pela 36ª rodada do Brasileirão, e garantiu vaga inédita na próxima edição Copa Libertadores da América. O gol da vitória e da classificação foi marcado por Valentín Depietri.

Foto - Leonardo Moreira - Fortaleza

O resultado leva o Leão aos 55 pontos, na quinta colocação. Atrás da equipe estão Bragantino, com 53, e Fluminense, com 51, em sexto e sétimo lugares. O Juventude tem 43 pontos, ocupando a 15ª posição e ainda correndo risco de rebaixamento.

Na segunda-feira (6), pela 37ª rodada, as duas equipes vão jogar fora de casa. O Juventude visita o São Paulo, às 19h (horário de Brasília), em confronto direto para se afastar da zona de rebaixamento.

Já o Leão, buscando agora garantir a vaga na fase de grupos da Libertadores, encara o Cuiabá na Arena Pantanal, às 20h.

O JOGO DO FORTALEZA

O Fortaleza foi dominante do início ao fim da partida, assustando o goleiro Douglas em diversas oportunidades.

O que dificultou a vida do Leão foi a falta de pontaria no Castelão: sobraram boas oportunidades, como nos chutes de Robson, duas vezes, Éderson e Osvaldo, que foram para fora ou nas mãos do arqueiro adversário. 

Somente aos 36 minutos da etapa final, com Depietri, o time de Juan Pablo Vojvoda garantiu os três pontos.

O JOGO DO JUVENTUDE

Se no primeiro tempo o Juventude apenas se fechou para não ser vazado, na etapa final os gaúchos avançaram mais para buscar o gol. Embora tenham finalizado menos, tiveram melhores oportunidades. 

Primeiro, Sorriso cabeceou para grande defesa de Marcelo Boeck. Na sequência, Ricardo Bueno perdeu uma chance clara, e Vitor Mendes mandou na trave.

Ainda houve tempo para William Matheus aproveitar uma sobra na área e encher o pé, mas mandar para fora. 

A estratégia do ferrolho defensivo parecia dar certo, mas uma falha de Douglas e Vitor Mendes gerou o gol dos donos da casa e estragou os planos da equipe visitante.

GOLEIRO FALHA NO FIM

Com o ferrolho do Juventude no Castelão, o goleiro Douglas Friedrich se sobressaiu e foi obrigado a fazer belas defesas, sobretudo na etapa final.

Em menos de sete minutos, o arqueiro fez três boas intervenções, a principal delas em chute de Robson, na cara do gol, que parou no arqueiro adversário. 

No entanto, aos 36 minutos, em uma saída na defesa, saiu jogando mal, chutou com força para Vitor Mendes e praticamente entregou a bola para Depietri, que avançou sozinho e chutou no canto para abrir o placar.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir