Cidadeverde.com
Geral

Homens retornam menos do que mulheres para 2ª dose contra Covid no Piauí, aponta pesquisa

Imprimir

Foto: Roberta Aline/ Cidade Verde

Um levantamento realizado por professores na Universidade Federal do Piauí (Ufpi) aponta que o grupo da população que corresponde aos homens tem retornado menos do que as mulheres para a aplicação da segunda dose da vacina contra a Covid-19. Os dados correspondem a uma análise feita entre 18 de janeiro e 01 de dezembro de 2021 com a população adulta do Piauí. 

De acordo com a pesquisa, mais de 190 mil (18%) pessoas do sexo masculino não retornaram para completar a imunização, enquanto pelo menos 171 mil (15%) do sexo feminino não voltou para receber a segunda vacina. 

Segundo informou ao Cidadeverde.com o professor pesquisador Emídio Matos, doutor em Ciências Biomédicas e membro do Núcleo de Estudos em Saúde Pública da Ufpi, o cenário não é exclusivo da vacinação contra o coronavírus. Conforme o pesquisador, os homens, culturalmente, tendem a procurar menos serviços de saúde se comparados as mulheres.

“Esse percentual é maior entre os homens, reforçando que esse isso é histórico, que os homens têm um menor autocuidado, procuram menos os serviços de saúde e isso se reflete também na vacinação”, explicou Emídio Matos. 

No total, mais de 362 mil pessoas, entre aquelas do sexo masculino e feminino, não voltaram a procurar os postos de vacinação e completaram o esquema vacinal no Piauí. 

Para o pesquisador esse número é alarmante e reforça a necessidade das autoridades estaduais  criarem mecanismos de comunicação com esta fatia da população piauiense. 

Paula Sampaio
[email protected]

Imprimir