Cidadeverde.com
Política

Teresa Britto defende destinação de emendas para TJ, TCE, MP e Defensoria Pública

Imprimir

Foto: Roberta Aline/ Cidadeverde

A deputada estadual Teresa Britto (PV) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa do Estado na sessão desta quarta-feira (15) para falar sobre a destinação de suas emendas parlamentares e pedir uma maior destinação de recursos para o Ministério Público, Defensoria Pública, Tribunal de Contas do Estado e Tribunal de Justiça. Segundo a parlamentar, as emendas ajudarão aos órgãos para que tenham cada vez mais condições de atender bem os cidadãos.

“Sou favorável para que uma emende de banca seja aprovada aqui nesta Casa para o Ministério Público, Defensoria Pública, Tribunal de Contas do Estado e Tribunal de Justiça. Vimos essa necessidade nas conversas e audiência pública aqui nesta Casa e nós precisamos contribuir cada vez mais com os serviços públicos em favor da população, principalmente a mais carente, por isso apresentamos nesta Casa um ofício requerendo esse destinação de recursos”, defendeu a parlamentar.

A parlamentar explicou a destinação de suas emendas do orçamento de 2022, que foram discutidas em audiência pública, em Comissões da ALEPI e com técnicos do executivo estadual e destacou algumas. 

“Apresentei emenda aumentando a dotação orçamentária da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), que precisa muito mesmo de estrutura, apoio, valorização. Foi apresentada emenda também para quatro hospitais, dentre eles o de Santa Filomena, que tinha tido a dotação reduzida. Além disse, apresentei emenda para a Coordenadoria do Idoso, no valor de R$ 1 milhão, para a Coordenadoria de Juventude e da Mulher, também de R$ 1 milhão, e uma para a Defensoria Pública. E estou muito satisfeita uma vez que todas as emendas feitas foram acolhidas pelo relator e pelos técnicos da Secretaria Estadual de Planejamento”, disse Teresa Britto.

“Precisamos tornar o orçamento mais justo e fazer com que funcione realmente. Nós temos um gargalo muito grande na questão dos medicamento excepcionais, na Maternidade Dona Evangelina Rosa, bem como a nova Maternidade que vai transferir todos esses serviços para uma instalação digna. Mas aqui nesta Casa vamos continuar trabalhando para para as melhoras aconteçam verdadeiramente”, conclui a deputada.


Da redacao
[email protected]

Imprimir