Cidadeverde.com
Últimas

Governo vai adotar medida emergencial para retomar tráfego na PI-247 em Uruçuí

Imprimir

Foto enviada por Whatsapp

O governador Wellington Dias (PT) afirmou na tarde desta terça-feira (28) que uma medida emergencial será adotada para que o tráfego de veículos na rodovia PI-247, cortada pela chuva no município de Uruçuí, seja reestabelecido em três dias. 

“A água baixou e agora temos condições de fazer uma medida emergencial enquanto a equipe de engenharia avalia a estrutura. O que for necessário vamos fazer para em 3 dias dar condições de solução, mas já há um trabalho para viabilizar o tráfego”, disse o governador ao chegar ao Palácio da Cidade para reunião com o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa.

Fotos: Lucas Dias/Semcom

Segundo ele, a ponte móvel que seria instalada no local ficou inviável em virtude de os estragos terem sido extensos.

“Lá tem uma situação delicada, atingiu de uma maneira que estamos com dificuldade de implantar a ponte metálica. A saída está sendo pelo Maranhão e estamos trabalhando uma estrada vicinal como uma das alternativas”, declarou.

A reunião

O governador disse que a reunião com o prefeito de Teresina tem “pauta livre” e que está à disposição para trabalhar de forma integrada em projetos da capital. Participaram do encontro o vice-prefeito Robert Rios; o secretário de Planejamento da capital, João Henrique, e a secretária de Administração do estado, Ariane Benigno.

“É sempre um prazer vir ao Palácio da Cidade em um convite do nosso prefeito, Dr. Pessoa. Temos uma relação de amizade e, ao mesmo tempo, aqui também o compromisso de trabalharmos juntos pela capital do Piauí. O prefeito tem esse compromisso social de desenvolvimento, organização do município, de atuar em diferentes áreas. É sempre um prazer tratar daquilo que é de mais interessante ao nosso povo. Temos muitos projetos pra serem trabalhados no próximo ano. Ele tem propostas importantes e queremos apoiar.  É uma pauta livre”, declarou.

Já em relação à política, o governador se esquivou ao ser questionado se a base aliada terá o apoio do prefeito nas eleições 2022. “2022 vamos tratar em 2022”, finalizou.

Hérlon Moraes e Clebson Lustosa (TV Cidade Verde)
[email protected]

Imprimir