Cidadeverde.com
Últimas

Moradores reclamam da falta de manutenção em bombas de estação; SAAD Norte nega

Imprimir

Foto: Ascom SAAD/Norte

Uma moradora da zona Norte de Teresina, identificada como Maria Lúcia, 51 anos, denunciou ao Cidadeverde.com a omissão do poder público municipal para impedir que famílias fossem atingidas pelas cheias do rio Parnaíba devido às fortes chuvas no Piauí.

Segundo Lúcia, bombas da estação elevatória da avenida Boa Esperança não funcionaram durante a elevação dos rios e os bueiros da região estavam entupidos devido falta de limpeza. Fatos que, na avaliação da moradora, facilitaram os alagamentos.

"Tem muito lixo na lagoa. Ela não foi limpa. Os bueiros também entupiram e as bombas não funcionaram. Foi preciso fazer alguns reparos. A água continua subindo e a chuva permanece. Não podemos dormir [porque quando acordarmos] a água pode estar dentro de casa", disse uma outra moradora não identificada, em um áudio compartilhado através das redes sociais.

Segundo a denúncia, na estação da região existem 12 bombas que servem para fazer o escoamento da água do Rio Parnaíba para lagoas da região a fim de evitar que famílias ribeirinhas sejam atingidas pela cheia do rio. 

"Só que durante a forte chuva que caiu na cidade nos últimos dias, as bombas estavam desligadas. Elas não foram ligadas porque precisaram de manutenção. E isso fez com que muitas famílias ficassem desabrigadas", lamentou Maria Lúcia. 

Representantes da Prefeitura de Teresina, segundo a fonte denunciante, informaram aos moradores da região que as bombas não funcionaram porque houve uma queda de energia. "Mas essas bombas não podem ser desligadas. Tem que estar ligada no comando automático", completou a moradora. 

O que diz a SAAD Norte 

Através da assessoria, a Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas Norte (SAAD-Norte) negou que as bombas não estejam operando. Segundo a superintendência, oito bombas estão em pleno funcionamento e operando com capacidade máxima na Estação de Boa Esperança. 

A superintendente Ana Paula esteve no local na segunda (03) para fiscalizar o funcionamento das bombas após as denúncias. “As bombas estão funcionando e têm técnicos 24 horas para dar manutenção em qualquer problema que houver”, ressaltou Ana Paula. 

Nataniel Lima
[email protected] 

Imprimir