Cidadeverde.com
Esporte

Técnico do Cori-Sabbá desabafa contra erros da arbitragem após derrota para o River: "Não existe"

Imprimir

Foto: Pâmella Maranhão/Cidadeverde.com


A equipe do Cori-Sabbá saiu do estádio Lindolfo Monteiro na noite desta quinta-feira (20) com uma derrota por 3 a 0 no conta diante o River. O derrota elástica foi lamentada pelo técnico do time de Floriano após o jogo, mas as decisões da arbitragem acabou sendo o principal ponto destacado por Toninho Pesso em especial pelo penâlti dado a favor do adversário. O Cori tem apenas um ponto somado na tabela e volta a campo no domingo (23) quando recebe o líder Fluminense, às 17h, no estádio Tibério Nunes, na cidade de Floriano. 

"Um penâlti que não existe. O penâlti que a arbitragem deu aqui é brincadeira. Tem trabalho do lado de cá, tem seriedade. Sabemos que o River é time grande, que tem estrutura uma potencia. O árbitro para dar um penalti desse tem que está muito convicto. Aí eu tenho uma situação igual no segundo tempo, qual é o critério? Puxou é penalti então, se futebol não tem contato para ele tem que ser usado o mesmo critério", declarou o técnico Toninho Pesso. 

O Cori-Sabbá estreou diante o Altos e ficou no empate por 2 a 2. Em jogo que o time chegou a ficar duas vezes atrás no placar, mas conseguiu o empate. Diante o River a situação foi bem diferente e o time sofreu uma derrota elástica, apesar de ter tido alguns bons momentos em campo o time sofreu com a posse de bola pouco ofensiva. Apesar do placar, Toninho demonstrou ter visto qualidades no seu grupo jogando fora de casa. 

"O River mereceu ganhar porque fez os gols, mas a gente jogou muito bem. Quem olhar o placar pode falar alguma coisa, mas eu não vejo nessa situação, tem muito respeito, mas quem viu o futebol de verdade viu que a gente tentou. Um penâlti inexistente, um gol em que a bola estava no nosso pé e houve o erro o que é normal e outro gol duvidoso", acrescentou o técnico do Cori-Sabbá. 

A equipe tem pouco tempo para lamentar já que volta a campo no domingo (23) para enfrentar o líder da competição Fluminense. O fator casa pode ser algo que pese a favor do Cori-Sabbá ao longo da competição, pois na estreia o torcedor do Cori mostrou pretende apoiar e incentivar o time. "Vamos buscar fazer um grande jogo em nossos dominios", disse Toninho. 

O jogo entre Cori-Sabbá e Fluminense será no domingo (23), às 17h, no estádio Tibério Nunes, em Floriano. O jogo é válido pela 3ª rodada do Campeonato Piauiense. A Águia de Floriano é atual sexto colocado na tabela. 

 


Pâmella Maranhão
[email protected]

Imprimir