Cidadeverde.com
Política

Dr. Pessoa no PL divide opiniões de petistas sobre permanência na base

Imprimir

Foto: Arquivo Cidade Verde

O vereador Dudu Borges (PT) foi mais um membro do Partido dos Trabalhadores que defendeu que os petistas não tomem nenhuma decisão “precipitada” em relação ao prefeito Dr. Pessoa (MDB), que está a caminho de se filiar ao PL. 

A sinalização de que o grupo do prefeito tem feito em direção ao partido do presidente Jair Bolsonaro (PL) tem divido opiniões no PT acerca da permanência de vereadores na base. 

O governador Wellington Dias (PT)  e o deputado Fábio Novo (PT) deram declarações nas quais descartaram aliança com o prefeito. 

Já o secretário Rafael Fonteles (PT) e o vereador Deolindo Moura (PT) também pediram que os petistas não antecipassem posições até que a filiação seja firmada. 

Em entrevista à imprensa, Dudu Borges deu argumentos que, segundo ele, justificam ponderação acerca deste tema: 

“O Dr. Pessoa é do MDB, partido que está indicando o vice, o Jeová Alencar é o candidato do grupo do Pessoa e está votando no time nosso. Então, não vamos precipitar nenhum tipo de atitude. Na política aprendi uma coisa, nós lá atrás modificamos o pensamento e a estratégia do PT no dia da convenção e mudamos inclusive a composição dela”, frisou.  

Paula Sampaio
[email protected]

Imprimir