Cidadeverde.com
Últimas

Piauí chega a 99,80% da população vacinada com 1ª dose contra a Covid-19, revela Sesapi

Imprimir

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com 

O estado do Piauí atingiu a marca de 99,80% da população com 5 anos e mais, vacinadas com a primeira dose dos imunizantes disponíveis contra a Covid-19. Os dados são do Vacinômetro da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), deste sábado (19) e indicam que mais de 3 milhões de pessoas nessa faixa etária tomaram a primeira dose.

De acordo com o Vacinômetro, em relação a segunda dose ou imunizados com a dose única, o Piauí tem 87,30% da população elegível com o esquema vacinal completo.

Já sobre a dose de reforço, apenas 42,7% da população a partir de 18 anos, autorizadas para essa etapa da vacinação, compareceu novamente aos postos.  

Fonte: Sesapi

Busca ativa para a dose de reforço

Após um estudo da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) revelar que mais de 500 mil pessoas estão com a terceira dose da vacina contra a Covid-19 em atraso no Piauí, a Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi) está elaborando “busca ativa” deste público e reforçando o contato com os municípios para garantir a aplicação do reforço vacinal.

Por conta do grande número de pessoas sem a dose de reforço da vacina contra o coronavírus, integrantes do Comitê de Operações Emergenciais (COE) do estado recomendaram ao Governo do Piauí a inclusão da exigência da terceira dose no “passaporte da vacina”, que atualmente só considera obrigatório o esquema vacinal com duas doses.

Vacinação drive-thru em Teresina

A Fundação Municipal de Saúde de Teresina (FMS) anunciou que na próxima semana dois postos drive-thru estarão abertos para a continuidade da campanha de vacinação contra a Covid-19.

Entre os dias 21 e 25 de março, os pontos estarão disponíveis nos terminais do Parque Piauí (zona Sul) e Buenos Aires (zona Norte), sempre das 9h às 17h.

Nestes locais, serão ofertadas vacinas de 2ª dose para pessoas de 12 anos ou mais, com prazos de oito semanas entre a primeira e segunda dose para as vacinas Pfizer e Astrazeneca e quatro semanas para a Coronavac.

Além disso, é ofertada a dose de reforço para pessoas de 18 anos e mais (com intervalo mínimo de quatro semanas da última dose), e dose adicional de imunossuprimidos de 12 anos e mais (com intervalo mínimo de oito semanas da segunda dose).

 

Acompanhe as atualizações de saúde na editoria e no instagram @vidasaudavelnacv

 

Rebeca Lima 
[email protected]

Imprimir