Cidadeverde.com
Cidades

Cendrogas oficializa recurso para Associação Juventude Solidária de Campo Maior

Imprimir

Foto:Ascom/Cendrogas

A Coordenadoria de Enfrentamento às Drogas do Piauí realizou nesta sexta-feira (25), no Salão Azul do Palácio Karnak, a celebração de assinatura do Termo de Fomento com a Associação Juventude Solidária, entidade que tem o objetivo de realizar formações para jovens em Campo Maior.

Por meio do Termo de Fomento foi repassado o valor de R$ 99.998,40, investimento assegurado pelo PRO Social.

O presidente da Associação Juventude Solidária, Paulo Vitor, fez o agradecimento ao Governo do Estado por meio da Cendrogas pela colaboração.

"Quero agradecer ao Governo do Estado por esse recurso, pretendemos com ele fazer com que os jovens possam ter um ambiente para aprender a confeccionar os produtos. É uma oportunidade no mercado de trabalho para não seguirem no mundo da marginalidade e criminalidade", disse Paulo.

O recurso tem a finalidade de instalar uma oficina de pães e biscoitos, sem fins lucrativos, onde os jovens possam aprender um ofício de confeiteiro e ao mesmo tempo receber formação para o exercício da cidadania.

Para a coordenadora geral da Cendrogas, é uma satisfação poder colaborar com mais um projeto.

"Estamos assinando esse Termo de Fomento em que traz para Campo Maior um projeto que tem a pretensão de ajudar os jovens em situação de vulnerabilidade. A juventude terá uma possibilidade de junto neste projeto em comum com o mesmo objetivo. Abraçamos essa iniciativa da juventude de Campo Maior com muito prazer", respondeu Cida.

Foto:Ascom/Cendrogas

A Solenidade contou com a presença do bispo da Diocese de Campo Maior, Dom Francisco de Assis, que especificou mais um pouco o objetivo da iniciativa com a criação da Casa do Pão.

"Fico feliz pelo Estado do Piauí ter lideranças com sensibilidade para o nosso povo. Nós, da Igreja Católica Apostólica Romana, temos o papel de fazer política para formar parcerias com o poder público em vista do bem comum e da qualificação e futuro da juventude", falou Dom Francisco.

"O projeto Casa do Pão visa de início qualificar os jovens na confeitaria de pães e bolos para poder atuar no mercado de trabalho", ressaltou o bispo.

A vice-governadora, Regina Sousa, ficou muito feliz com a iniciativa da juventude campomaiorense.

"Parabéns para a juventude por toda disposição de fazer não só para si, mas também para os outros. Estaremos assim trabalhando a prevenção às drogas", parabenizou Regina.

Participaram ainda da solenidade, a presidente do Conselho Estadual de Políticas Sobre Drogas (CEEPD-PI), Eneida Lustosa e liderança juvenis da cidade dos carnaubais.

 

Da Redação
[email protected]

Imprimir