Cidadeverde.com
Picos

Operação resulta em prisões e apreensão de drogas e munições em Monsenhor Hipólito

Imprimir

Fotos: Divulgação/Polícia Civil e Paula Monize/cidadeverde.com/picos

Na madrugada desta sexta-feira (20), por volta de 5h, a Polícia Civil do Piauí através do 3º Distrito Policial deflagrou a Operação “Garganta Verde”, no município de Monsenhor Hipólito, distante 65 km de Picos. A ação tem por objetivo combater o Tráfico de Drogas na cidade.

Na operação que deu cumprimento a seis mandados de busca e apreensão, duas pessoas foram presas por posse ilegal de arma de fogo, além de 3 kg de maconha apreendidos e uma pequena quantidade de cocaína, drogas sintéticas, munições, aparelhos celulares, balança de precisão e a quantia de R$ 2.000,00 (dois mil reais). A droga foi localizada pelo cão farejador K9 Titan em um cofre aberto atrás de uma tomada.

Cão K9 Titan

O delegado titular do 3° Distrito, José Neto, explicou que na residência onde a droga foi localizada não haviam pessoas.

“A droga foi escondida por trás de uma tomada e o material foi encontrado pelo cão K9 Titan, se não fosse o cachorro não teríamos certamente encontrado o material. Não tinha ninguém na residência, imaginamos que eles tenham saído porque as luzes estavam ligadas. Vamos instaurar agora o inquérito para dar continuidade ao trabalho investigativo”, explicou o delegado.

Delegado de Polícia - José Neto

O delegado titular da Delegacia de Homicídios, Tráfico de Drogas e Latrocínio, Agenor Ferreira Lima, destacou a importância do uso do cão farejador nas operações de combate ao Tráfico de Drogas.

“A DHTL e o Núcleo de Operações com Cães (NOC), estando à frente dele o investigador Geyfre Marques, participamos da operação que logrou êxito e que teve a colaboração do K9 Titan na localização dos entorpecentes. Apesar do pouco tempo, o cão já tem figurado em importantes operações”, disse Agenor Lima.

A Operação “Garganta Verde” é resultado de um trabalho de investigação realizado pelo Diretoria de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública (Dinte) e pelo Núcleo de Inteligência. No cumprimento dos mandados, participaram policiais civis de Inhuma, Valença, Oeiras, efetivo da DHTL e dos 1° e 2° Distritos Policiais.

Local onde a droga estava escondida

Paula Monize

[email protected]

Imprimir