Cidadeverde.com
Geral

Polícial é baleado em bar no Lourival parente; vídeo mostra fuga dos criminosos

Imprimir

Fotos: Breno Moreno

Um policial civil, identificado como Cláudio Marcelo Melo do Nascimento, 53 anos, foi baleado com dois disparos de arma de fogo no abdômen no começo da tarde desta terça-feira (31), em um bar localizado no bairro Lourival Parente, na zona Sul de Teresina.

“Um indivíduo chegou em uma motocicleta de grande porte, desceu e foi diretamente ao policial civil. Depois de uma pequena discussão, ele efetuou dois disparos no policial”, disse o Capitão Fábio Soares, da Força Tática.

O policial, que é lotado no 21 Distrito Policial e tem 33 anos de serviços prestados à corporação, foi socorrido com vida por uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

Em nota, a Delegacia Geral de Polícia Civil designou em caráter especial o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para investigar a tentativa de homicídio contra o policial.

"O crime praticado na tarde desta terça-feira, 31 de maio, em Teresina será apurado por aquela unidade. As diligências para elucidação do caso já foram iniciadas e serão desenvolvidas com o rigor técnico que o caso requer", informou a DG.

O Cidadeverde.com teve acesso a um vídeo que mostra os suspeitos do atentado em fuga.

2º atentado em maio

Este é o segundo atentado conta um policial civil em menos de um mês na capital e na mesma situação, em um bar. No último dia 07 de maio, José Valdeck Mello, 63 anos, foi baleado após um assalto no bairro Mocambinho. Ele morreu 17 dias depois em um hospital particular de Teresina.

Valdeck Melo estava há 32 anos na carreira de Policial Civil e era lotado do 12º Distrito Policial.

Uma equipe do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) foi ao local do crime, onde coletou informações com testemunhas que presenciaram toda a ação. 

“As investigações prosseguirão no sentido de elucidar essa tentativa de homicídio. A vítima foi atingida com dois disparos de arma de fogo. Informações de testemunhas dão conta que a arma de fogo que ele portava foi subtraída”, disse o delegado Divanilson Sena.

Flash Breno Moreno
[email protected]

Imprimir