Cidadeverde.com
Picos

Tapetes de Corpus Christi colorem o Centro de Picos

Imprimir
  • dentro_3.JPG Paula Monize
  • dentro_5.JPG Paula Monize
  • dentro_1.JPG Paula Monize
  • dentro_4.JPG Paula Monize
  • dentro_6.JPG Paula Monize
  • dentro_7.JPG Paula Monize
  • dentro_2.JPG Paula Monize

Após dois anos de pandemia, uma tradição foi retomada pelos fiéis católicos em Picos: confecção dos tapetes de Corpus Christi. As pinturas que remetem à solenidade religiosa coloriram o centro da cidade.

Os tapetes foram confeccionados no adro da Igreja Catedral de Nossa Senhora dos Remédios, percorrendo uma das vias da Avenida Getúlio Vargas com destino à Igrejinha do Sagrado Coração de Jesus.

A voluntária Elitânia Alencar que participa da confecção dos tapetes, explica o material utilizado na execução desse trabalho.

"Essa festividade de Corpus Christi ela sempre acontece 60 dias após a Páscoa. Temos a tradição de confeccionar os tapetes com cerragem, cola de grudes, bisnagas de tintas, palha de arroz, coqueiro. Esse trabalho envolve as pastorais, grupos, toda comunidade. É uma alegria voltar esse trabalho, nos alegramos muito em participar em mais um ano", disse a voluntária.

Os tapetes de Corpus Christi são de origem portuguesa. Essa prática para o catolicismo remete a acolhida de Jesus em Jerusalém, preparando o caminho para a passagem do Messias.

Paula Monize

[email protected]

Imprimir