Cidadeverde.com
Últimas

Receita Federal paga segundo lote do IR 2022 nesta quinta-feira; saiba quem recebe

Imprimir

Foto: Arquivo Cidadeverde.com 

A Receita Federal deposita, nesta quinta-feira (30), R$ 6,3 bilhões para 4,3 milhões de contribuintes que entraram no segundo lote de restituições do Imposto de Renda 2022. Esse lote será pago com correção de 1% com base na Selic (taxa básica de juros).

O dinheiro cai na conta informada pelo contribuinte na hora de declarar o IR. Também é possível receber por Pix, caso tenha feito essa opção. Se, por algum motivo, o crédito não for feito, os valores ficarão disponíveis por até um ano no Banco do Brasil, mas é preciso solicitá-los.

O cidadão precisará fazer o reagendamento do crédito no site https://www.bb.com.br/irpf ou por telefone, ligando para a Central de Relacionamento BB por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-7290088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

Recebe neste lote o contribuinte que entregou a declaração até o dia 18 de março. O pagamento também será feito aos cidadãos que têm prioridade no recebimento. Do total, R$ 2,7 bilhões são para contribuintes com prioridade legal, sendo 87.401 idosos acima de 80 anos, 675.495 entre 60 e 79 anos, 48.913 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou doença grave e 661.831 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

VEJA COMO FAZER A CONSULTA:

Para saber se vai receber, é preciso fazer a consulta no site da Receita, em Meu Imposto de Renda. É preciso informar o número do CPF, a data de nascimento e os dados solicitados na tela. Por essa consulta mais simples, o sistema não informa o valor da restituição.

É possível consultar a situação de sua declaração pelo e-CAC, que é Centro de Atendimento Virtual da Receita Federal. A consulta traz informações sobre o valor total a ser pago, o banco do crédito e a correção, entre outras.

O QUE É POSSÍVEL VER NO E-CAC:

No extrato, o contribuinte também pode consultar:

A situação da declaração, inclusive se existem pendências de processamento, o que indica malha fina Se a restituição já tiver sido encaminhada para pagamento, ou seja, quando entrar em um lote de restituição, será possível ver o valor atualizado, a data do crédito e a instituição onde o valor será depositado Se o contribuinte tiver débitos, é possível consultá-los e autorizar a compensação de ofício utilizando o saldo da restituição Se o imposto a restituir tiver sido utilizado para compensação de ofício, é possível consultar o extrato da compensação executada A Receita informa que disponibiliza, ainda, o aplicativo para tablet e celular no qual é possível consultar diretamente a liberação da restituição, além de situação cadastral de uma inscrição no CPF, por exemplo.

 

Fonte: Folhapress (Cristiane Gercina)

Imprimir