Cidadeverde.com
Cidades

Piauí registra aumento de focos de queimadas e ocupa 3ª colocação no Nordeste

Imprimir

Foto: Corpo de Bombeiros

O Piauí voltou a registrar aumento no número de focos de queimadas durante o último mês de junho. De acordo com dados do sistema de monitoramento do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), entre os dias 01 e 30 de junho foram registrados 256 focos, 43% a mais do que o número registrado em maio, 178 focos. 

Ainda de acordo com dados do Inpe, durante o mês de junho o Piauí passou a ocupar a 3ª colocação no ranking de queimadas entre os estados da região Nordeste, atrás apenas do Maranhão (917 focos) e da Bahia(632 focos). No ranking nacional, o Piauí figura na 9ª colocação. 

O aumento do número de focos de queimadas coicide com o fim do período chuvoso no Piauí e com o aumento da incidência de ventos em algumas regiões do estado, o contribui para a propagação do fogo. 

Nos últimos dias, o comando do Corpo de Bombeiros anunciou que já deu início ao planejamento de ações para evitar que as queimadas causem danos significativos, a exemplo do que ocorreu no ano passado. 

Além do reforço das ações junto aos municípios, atividades educativas também devem ser realizadas para orientar sobre os riscos do uso de fogo na agricultura. 

O sistema de monitoramento do Inpe também mostra que os biomas do cerrado e caatinga são os mais atingidos pelos focos de queimadas no Piauí nos últimos dias.

Os municípios com maior número de registros são: Baixa Grande do Ribeiro, Jerumenha, Sebastião Leal, Curimatá e Floriano. 

 

 

 

Natanael Souza
[email protected] 

Imprimir