Cidadeverde.com
Geral

Barragem Algodões faz Governo agir e pode sangrar pela 1ª vez

Imprimir
A Empresa de Gestão de Recursos do Piauí - Emgerpi - anunciou nesta terça-feira (5) que estuda medidas preventivas para o possível sangramento da barragem Algodões I, no município de Piracuruca, 196 quilômetros ao norte de Teresina. Com 80% de sua capacidade atingida, ela corre o risco de sangrar pela primeira vez em quase 10 anos. O problema é que Piracuruca já vive uma das piores enchentes de sua história.
 
Uma empresa especializada foi contratada para prestar consultoria e estudar medidas que minimizem problemas futuros caso a barragem sangre. Um grupo de engenheiros foi enviado hoje para o local com a missão de reforçar a estrutura e evitar que a água rompa a parede da barragem.
 
Já foram providenciados tratores, escavadeiras e todo o material para fortalecer os paredões, mas o Governo frisa que a medida é emergencial e visa dar maior segurança à população. O rio Piracuruca já inundou toda a região da Prainha, ponto turístico da cidade.
 
Da Redação
[email protected]
Tags:
Imprimir