Cidadeverde.com
Esporte

Fortaleza suporta a pressão e mesmo perdendo do Ceará, avança na Copa do Brasil

Imprimir

Com boa vantagem conquistada no confronto de ida, o Fortaleza segurou o Ceará na noite desta quarta-feira e, mesmo perdendo por 1 a 0, na Arena Castelão, em Fortaleza, garantiu vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. Mais de 30 mil estiveram nas arquibancadas.

Foto - Leonardo Moreira - Fortaleza EC

O Fortaleza havia vencido o confronto de ida, no mesmo Castelão, por 2 a 0. Por isso, entrou em campo podendo perder por até um gol de diferença para avançar. Já o Ceará precisava de atuação impecável para vencer por três gols de diferença e avançar direto ou dois gols para ir aos pênaltis.

Com a classificação, o Fortaleza garantiu a importante premiação de R$ 3,9 milhões. O adversário da próxima fase será conhecido na semana que vem, em sorteio realizada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Com bola rolando, o Fortaleza começou melhor e arriscando mais com a bola nos pés. Logo aos sete minutos, Romarinho recebeu na entrada da área, passou por Nino Paraíba e finalizou cruzado para ótima defesa do goleiro João Ricardo, que se esticou e mandou para a linha de fundo.

O Ceará sentiu a pressão no início do jogo e pouco tempo depois viu Moisés quase colocar o Fortaleza na frente do placar. Aos 15, Moisés partiu em velocidade, ganhou de três defensores e finalizou perto da trave.

Demorou, mas aos poucos o Ceará equilibrou o confronto e encontrou o caminho certo para buscar o seu gol. Tanto é que quase fez aos 32 minutos, quando Vina cobrou falta e Fernando Miguel espalmou. Depois, aos 34 minutos, desta vez em chute de Lima que passou perto da meta do Fortaleza.

No segundo tempo, o Ceará voltou melhor e abriu o placar aos 15 minutos. Richard Coelho cruzou e Vina mandou para as redes, voltando a marcar após mais de dois meses - seu último gol havia ocorrido no dia 3 de maio, em duelo contra o La Guaira-VEN, pela Copa Sul-Americana.

O gol do Ceará mexeu com os ânimos da partida, que ficou muito agitada e tensa. O Fortaleza demorou a assimilar o placar e viu seus contra-ataques pararem na forte marcação do adversário, que subiu a linha de marcação.

Nos minutos finais, o Ceará foi inteiro ao ataque em busca do empate para forçar a decisão nos pênaltis, mas de forma desorganizada, não conseguindo evitar a eliminação para o arquirrival.

ATLÉTICO-GO ELIMINA O GOIÁS

O Atlético-GO confirmou a classificação às quartas de final da competição pela segunda vez em sua história ao derrotar o arquirrival Goiás, por 3 a 0, no estádio da Serrinha. No jogo de ida, os times ficaram no empate sem gols.

Ao mesmo tempo que elimina e joga pressão em seu adversário, o Atlético-GO confirma o bom momento na temporada.

Apesar de estar na zona de rebaixamento no Brasileirão, está classificado às quartas de final da Copa do Brasil e da Sul-Americana, campeonatos que vêm sendo tratados como prioridade.

E o retrospecto recente contra o Goiás também é bom. O Atlético-GO chegou ao quinto jogo sem perder para o rival no estádio da Serrinha. No geral, ainda está em desvantagem. Foram realizados 241 jogos, com 104 vitórias da equipe esmeraldina, 62 empates e 75 triunfos dos rubro-negros.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir