Cidadeverde.com
Política

TRE aumenta em 15% número de mesários que vão trabalhar nas eleições no Piauí

Imprimir

Foto: Arquivo/Cidadeverde.com 

 A Justiça Eleitoral espera contar com 37 mil mesários atuando no Piauí durante as eleições do próximo mês de outubro. O número é 15,6% maior do que o registrado em 2020, quando cerca de 32 mil mesários atuaram no pleito. 

O processo de escolha foi iniciado no começo do mês de julho e a expectativa é que até o início de agosto os juízes eleitores façam a nomeação dos eleitores que farão parte das mesas receptoras de votos e de justificativas. Os mesários vão atender cerca de 2,5 milhões de eleitores no Piauí. 

"Estamos ainda na fase de convocação dos mesários, que vai até o dia 3 de agosto , que é o último dia para os cartórios nomearem os mesários", explicou o chefe de orientação das zonas eleitorais do TRE-PI, Hugo Leonardo. 

A participação como mesário pode ocorrer de forma voluntária, quando o eleitor manifesta o desejo para a Justiça Eleitoral, ou através de uma convocação do juiz. Quem for convocado e recusar, precisa apresentar uma justificativa para conseguir a liberação. 

Quem atua como mesário tem direito a dois dias de folga para cada dia de convocação para o trabalho junto à Justiça Eleitoral. Além disso, os mesários também têm direito à isenção no pagamento de inscrição de concursos públicos, quando há previsão no edital. 

Treinamento 

O treinamento para os mesários tem início no mês de agosto. os futuros colaboradores vão ser informados sobre o fluxo de votação, procedimentos a serem adotados nas seções eleitorais e soluções para eventuais problemas. 

"Esse treinamento pode ser feito de forma presencial, pode ser no aplicativo do mesário, por meio do celular, ou pode ser no portal de educação da Justiça Eleitoral", explicou Hugo Leonardo.

 

 

Natanael Souza
[email protected] 

Imprimir