Cidadeverde.com
Esporte

Na estreia de reforços, Grêmio vence a Ponte e vira vice-líder da Série B

Imprimir

Com campanha muito regular, o Grêmio venceu a Ponte Preta na tarde deste sábado, por 2 a 1, na Arena, em Porto Alegre, pela 20ª rodada, a primeira do segundo turno da Série B do Campeonato Brasileiro. A partida teve estreia de reforços e recorde de público na casa gremista neste ano.

Foto: Lucas Uebel | Grêmio FBPA 

Foi o 14º jogo sem derrota do Grêmio, que agora é o segundo colocado, com 36 pontos. Já a Ponte Preta viu ser encerrada a sua invencibilidade de seis jogos. Ficou com 22 pontos e aparece no 14º lugar, a apenas dois pontos do CSA (17º), primeiro time dentro da zona de rebaixamento.

A tarde foi de festa na Arena, pois marcou a estreia de reforços do Grêmio, entre eles o volante Lucas Leiva, de volta ao futebol brasileiro após 15 anos, e o atacante Guilherme. A partida também teve recorde de público do Grêmio nesta temporada: 43.687 torcedores.

Com a bola rolando, o Grêmio dominou as ações e abriu o placar logo aos nove minutos. Villasanti recebeu pelo lado esquerdo e cruzou para Diego Souza. O centroavante ajeitou no peito e, de puxeta, finalizou forte para as redes. O auxiliar chegou a dar impedimento, mas o VAR validou o gol.

A vantagem complicou a estratégia da Ponte Preta, que demorou a se encontrar em campo. Melhor para o Grêmio, que ampliou o placar aos 23 minutos. Ferreira recebeu dentro da área e finalizou na trave. No rebote, Campaz chutou forte com a perna esquerda, sem chances de defesa.

Com 2 a 0 no placar e sem nenhum perigo com a bola nos pés, o técnico Hélio dos Anjos optou por mudar a dupla de ataque da Ponte Preta ainda antes do intervalo. Houve melhora, mas insuficiente para diminuir o placar negativo.

No segundo tempo, a Ponte Preta voltou melhor e fez o primeiro gol na partida. Aos 13 minutos, Wallisson aproveitou escanteio da direita e cabeceou sem chances de defesa para Gabriel Grando. O gol saiu minutos antes das entradas de Lucas Leiva e Guilherme

Os visitantes equilibraram as ações e encaixaram marcação de forma com que o Grêmio não conseguiu sair ao ataque. A Ponte quase empatou aos 28 minutos, quando Fessin roubou bola de Rodrigues, invadiu a área e, na hora de finalizar, foi travado por Villasanti.

No final, o jogo ficou aberto e com chances dos dois lados. A Ponte Preta voltou a assustar aos 40, em finalização de Echaporã em cima de Gabriel Grando. No minuto seguinte, Ferreira puxou contra-ataque, passou pela marcação, mas demorou a finalizar dentro da área.

O Grêmio volta a campo já na próxima terça-feira, quando visitará a Chapecoense, às 18h30, na Arena Condá, em Chapecó. Já a Ponte Preta receberá o Operário no sábado, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir