Cidadeverde.com
Esporte

Warton quer manter 'espinha dorsal' do Altos, mas conversas sobre renovações ficam para outubro

Imprimir

Foto: Luís Junior/Altos

Com o encerramento de sua participação na Série C do Brasileiro o Altos encerrou também a temporada 2022. Porém neste momento começam a surgir perguntas de como serão as definições mirando o próximo ano do clube piauiense, mas o presidente do Altos deixou bem claro que decisões em torno de renovações e contratações serão feitas apenas a partir de outubro. Por hora, todos os jogadores estão sendo liberados e recebendo suas rescisões de contrato. 

“Por enquanto estamos priorizando pagamento. Foi feito o pagamento do último mês essa semana e nos próximos dias serão pagos os dias trabalhados e as rescisões todos, pois maioria tinham contrato somente até outubro. Ainda não sentei com o Tonet para definir quem vamos tentar manter, isso daí só vai poder ser feito no mês de outubro. Temos apenas uma ideia.”, explicou Warton Lacerda, presidente do Altos.

Fotos: Renato Andrade/Cidadeverde.com

O Altos tem um perfil de manutenção de atletas para as temporadas sequentes, tanto é que muitos jogadores tem três, quatro ou até mesmo seis temporadas com a camisa do clube. Ao ser questionado sobre essa manutenção o presidente deixou claro que não existe montagem de time do zero, mas por enquanto só quem terá contrato em vigência com o clube é o técnico Fernando Tonet, que tem contrato até maio 2023. 

“Não existe fazer time do zero aqui no Altos, iremos manter sim uma espinha do elenco atual, mas não será agora que iremos negociar com esses atletas, até porque é preciso lembrar que não teremos as cotas da Copa do Brasil ano que vem é tudo passa por questões salariais”, acrescentou o presidente do Jacaré. 

A outra pergunta comum em relação a temporada 2023 é sobre Pré-Copa do Nordeste, única competição que o Jacaré terá no próximo ano além do Estadual no primeiro semestre. As muitas indefinições de datas fazem com que o presidente do clube aposte em um formato diferente e que diferente do que muitos pensam seja realizado somente ano que vem. 

“Com relação a Pré-Copa eu acredito que será somente em janeiro e emendando com a Copa do Nordeste em si. Eles criaram esse formato maior (três fases) e até onde estou sabendo estão com dificuldades para bancar e existe até a possibilidade de uma Copa do Nordeste novamente com mais clubes então eu realmente não estou contando com uma preliminar antes de janeiro”, frisou Warton. 

Este ano o Altos ficou pelo caminho dentro Campeonato Piauiense, caiu nas semifinais, e com isso não conseguiu vaga direta nas competições nacionais, mas em compensação chegou até a 3ª fase da Copa do Brasil quando enfrentou o gigante Flamengo (RJ) e conseguiu se manter pelo terceiro ano consecutivo dentro da Série C do Brasileiro. 

 

 

Pâmella Maranhão
[email protected]

Imprimir