Cidadeverde.com
Política

Desde sempre decimos estadualizar a campanha, diz candidata a vice de Sílvio

Imprimir

A deputada federal e candidata a vice governadora do Piauí pelo Progressistas, Iracema Portela, afirmou nesta terça-feira (23), durante entrevista à TV Cidade Verde, “que desde sempre” foi decidido pela oposição focar a campanha em âmbito estadual, ao invés dos adversários, como o PT, por exemplo, que exalta sempre o ex-presidente Lula.

“Desde sempre decidimos fazer uma campanha estadual. O Piauí tem muitos problemas e nós precisamos discutir esses problemas”, afirmou.

Para Iracema, quem for eleito terá que trabalhar ao lado do governo federal para atrair os investimentos.

“Independente de quem seja eleito o presidente da República, o governador eleito tem que buscar esse apoio sim do governo federal. No momento, o importante é estadualizar essa campanha. É discutir os problemas aqui do estado, que não são poucos”, declarou.

Entre as propostas da oposição para o Piauí, a candidata citou a segurança como um dos pontos importantes. “É o estado que menos gasta com segurança pública do Brasil. Nós gastamos menos da média nacional. Precisamos urgente contratar um efetivo de policiais. O efetivo hoje é menor do que há 30 anos”, disse, afirmando que a Secretaria de Segurança Pública (SSP) virou comitê de um candidato a deputado federal.

“Não podemos ter uma secretaria que seja comitê eleitoral de um candidato a deputado federal. Nós precisamos ter técnicos em secretarias importantes, como segurança, saúde e educação”, finalizou.

Foto: Yala Sena

Hérlon Moraes
[email protected]

Imprimir