Cidadeverde.com
Picos

De julho à agosto, incêndios em vegetação aumentam 1.300% em Picos

Imprimir

Foto: Divulgação/CCom

Os incêndios em vegetação aumentaram 1.300% no município de Picos no período de julho à agosto de 2022. Nesse intervalo de tempo, 98 ocorrências desta natureza foram atendidas pela Companhia Destacada do Corpo de Bombeiros de Picos. 

O comandante do Corpo de Bombeiros, tenente Rangel, explicou que as condições climáticas do B-R-O-Bró (tempo seco, baixa umidade do ar) tem favorecido o aumento das queimadas.

“Com o início do período de B-R-O-Bró, em julho a gente já percebe esse aumento de focos de incêndio em vegetação. As condições como a vegetação seca, umidade do ar reduzida intensifica e ajuda na propagação desse tipo de ocorrência", disse o comandante.

Vale ressaltar que de janeiro à junho, o Corpo de Bombeiros registrou apenas sete incêndios em vegetação. A instituição alerta para os perigos das queimadas que trazem danos ao meio ambiente e também à sociedade

 

Paula Monize

[email protected]

Imprimir