Cidadeverde.com
Política

Após adesão a Sílvio, Gustavo Henrique diz que vice tentou coagi-lo

Imprimir

O candidato a governador pelo Patriota, Gustavo Henrique, reagiu às declarações de sua vice Josselene Muniz, que nesta quinta-feira (1) declarou apoio a outro candidato ao governo, Sílvio Mendes (União Brasil). O anuncio foi feito através de um vídeo divulgado pelo próprio Sílvio Mendes.

Gustavo Henrique, também através de um vídeo divulgado nas redes sociais, disse que foi surpreendido com a adesão de sua vice ao candidato do União Brasil e a acusou de coagi-lo por recursos.

“Hoje no final da manhã fomos surpreendidos por uma declaração da candidata a vice-governadora do nosso partido, a advogada Josselene Bastos Muniz, onde a mesma declara apoio a um candidato a governador. O que a população e o eleitor não sabem é que esta mesma candidata, ao longo das duas últimas semanas, inclusive no dia de hoje, sempre nos achacou e tentou nos coagir a respeito de recursos para a candidatura a governador”, afirmou no vídeo.

Segundo ele, recursos do fundo partidário só estão sendo usados nas candidaturas para deputado federal do partido.

“É sabido por todos do partido, que a candidatura a governador do Patriota é uma candidatura independente, e que não teria nenhum tipo de recurso oriundo do fundo eleitoral ou partidário. Apenas as candidaturas a deputado federal teriam algum suporte da nossa nacional via fundo eleitoral. Isso é colocado de forma transparente”, afirmou, acusando a vice de não ter caráter.

“Eu só tenho a lamentar e repito: caráter não é para todo mundo. Posição, lealdade não é para todo mundo”, disse.

Josselene Muniz é a segunda candidata a vice do Patriota. Antes, o nome anunciado foi o da Professora Jô.

Hérlon Moraes
[email protected]

Imprimir