Cidadeverde.com
Geral

PF prende 6º investigado da Operação Calceus no MS

Imprimir

Foto: PF

 A Polícia Federal prendeu, nesta sexta-feira (02), o sexto investigado da Operação Calceus, deflagrada no dia 26 de agosto para apurar crimes praticados por organização criminosa especializada em extorsões mediante sequestro contra servidores da Caixa Econômica Federal no estado do Piauí.

O homem estava foragido do sistema prisional do Piauí desde abril de 2021 e havia um mandado de prisão preventiva expedido contra ele pela Justiça Federal. Ele foi preso na cidade fronteiriça de Ponta Porã, no estado do Mato Grosso do Sul, pela Polícia Federal, com apoio do serviço de inteligência da Polícia Penal do Piauí, da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus). 

Autuado por porte ilegal de arma de fogo e uso de documentos falsos, o acusado ficará recolhido no sistema prisional do Mato Grosso do Sul, onde deve permanecer à disposição da Justiça do Piauí.

Sobre a Operação Calceus

Trata-se de investigação iniciada no ano de 2020 para apurar os crimes praticados por organização criminosa especializada em extorsões mediante sequestro contra servidores da Caixa Econômica Federal no estado do Piauí. Por intermédio de violência e grave ameaça contra os funcionários e suas famílias, a quadrilha conseguiu subtrair cerca de R$ 490 mil do cofre de agência bancária da CEF, na zona sudeste da capital piauiense.
  
Alguns meses após o fato, os investigados foram responsáveis pelo sequestro de um gerente de outra instituição financeira em Teresina, ocasião em que a Polícia Civil do Piauí prendeu em flagrante parte do bando criminoso.

O nome da operação, Calceus, que significa sapato, refere-se à modalidade de crime conhecida como “sapatinho”, na qual o criminoso sequestra a família da vítima para obter a vantagem ilícita.

Da Redação
[email protected]

Imprimir