Cidadeverde.com
Últimas

Mais de 5 mil policiais vão atuar na segurança do 2º turno no Piauí

Imprimir

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com

O comandante da Polícia Militar do Piauí,  o coronel Scheiwann Lopes, se reuniu na manhã desta segunda-feira (17) com policiais da corporação para alinhar a logística para a segurança do segundo turno das eleições, no dia 30 de outubro. O encontro aconteceu no Quartel do Comando Geral, na zona Sul de Teresina. 

Segundo o coronel Scheiwann, cerca de 5,2 mil policiais vão voltar às ruas para reforçar o efetivo no segundo turno, a exemplo do que foi feito no dia 2 de outubro. Na logística, cada zona eleitoral terá a coordenação de um major ou um tenente-coronel e cada região contará com um membro do Alto Comando em contato direto com a Justiça Eleitoral. 

“As tropas vão de deslocar para o reforço no interior e na capital, nas 74 zonas tem sempre um oficial superior, um major ou um tenente-coronel que fica sempre à disposição do juiz eleitoral. Teremos os batalhões de policiamento reforçados e em cada uma das 16 regiões teremos a presença de um coronel do Alto Comando”, pontuou. 

O comandante destacou a importância do processo de organização para que os policiais possam também se organizarem para ter acesso ao voto em trânsito, mecanismo pelo qual podem votar na seção que forem designados. 

“Aquele policial sabendo onde vai trabalhar, se assim quiser, pode solicitar a transferência da titularidade do voto para votar em trânsito. Foi mais uma novidade aqui do comando, garantindo que a tropa possa exercer o seu direito do voto”, disse. 

O comandante da PM garantiu que o pagamento adiantado das diárias daqueles que vão trabalhar no dia do pleito. “Tudo que estiver de alcance da PM de viatura e efetivo, iremos garantir também as diárias, que são no valor de pecuniárias, vamos pagar antecipadamente, como manda a lei”, finalizou. 

 

 

Paula Sampaio 
[email protected]

Imprimir