Cidadeverde.com
Geral

Empresas pedem no TRT a suspensão da greve dos ônibus

Imprimir
Yala Sena/Cidadeverde.com
Hebert Miúra vai pedir suspensão do movimento grevista
 
O Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Teresina - Setut - pedirá a suspensão da greve dos motoristas e cobradores de ônibus, deflagrada desde a 0h desta segunda-feira (18). O presidente Hebert Miura, e o assessor jurídico Mário Roberto Araújo, vão ao Tribunal Regional do Trabalho às 16h de hoje para dar entrada no pedido de dissídio coletivo e liminar.
 
O Setut quer que o TRT dê aumento provisório de salário em 5,83%, equivalente a inflação do período, e determine a suspensão do movimento. O Tribunal já propôs 8,03%, valor recusado pelos grevistas. Os empresários ainda alegam que a greve descumpriu o mínimo de 30% da frota em circulação, tendo o TRT já determinado o aumento do número de ônibus em 50%.
 
Ainda de acordo com o Setut, oito ônibus foram depredados e dois motoristas ficaram feridos. O Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Rodoviários - Sintetro - desmentiu a autoria dos ataques, e acredita em pessoas infiltradas dentro do movimento grevista para prejudicar as ações da categoria.
 
Tags:
Imprimir