Cidadeverde.com
Picos

Chef de cozinha é vítima de injúria racial em Picos

Imprimir

 

Na última segunda-feira (24) o chef de cozinha, Luís Felipe Feitosa, 24 anos, foi vítima de injúria racial durante o treino de musculação numa academia de Picos. O mesmo chegou a ser chamado de macaco e a situação constrangedora foi presenciada por outras pessoas.

Utilizando as redes sociais, Luís Felipe, relatou o ato sofrido que partiu de uma mulher que também frequenta o local para treinar. Diante da situação, o chef denunciou o caso na Delegacia de Polícia Civil.

“Eu estava usando uma máquina, ela veio me perguntar se eu ia demorar eu disse que sim porque iria fazer muitas séries, então ela começou a falar que a academia não poderia receber qualquer tipo de pessoa e receber apenas pessoas como ela, que era da sociedade. Em momento algum eu retruquei, fiquei calado. Ela continuou com as ofensas”, disse o chef.

O caso atendido pelo delegado regional, José Neto, está em andamento e as partes serão ouvidas.

A suspeita de praticar a injúria racial foi procurada pela TV Cidade Verde Picos e esta foi orientada a permancer em silêncio pela assessoria jurídica.

 

Paula Monize

[email protected]

 

Imprimir