Cidadeverde.com
Últimas

Strans emite ordem de serviço para 100% da frota no 2º turno em Teresina; veja linhas

Imprimir

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) emitiu nesta quarta-feira (26) a ordem de serviço para funcionamento de 100% da frota de ônibus no próximo domingo, dia 30, data em que ocorre o 2º turno das eleições. O Cidadeverde.com teve acesso ao documento enviado ao Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (SETUT) que mostra 224 veículos em operação na data.

Clique e veja a ordem de serviço com todas as linhas e quantidade de veículos

De acordo com o ofício, devem rodar 48 veículos do Consórcio Poty; 56 do Consórcio Urbanus; 53 do Consórcio Theresina e 67 da empresa Transcol, totalizando 75 linhas e 1120 viagens.

Ontem, o Setut divulgou que irá colocar "frota máxima" para rodar em Teresina no dia 30. O serviço de transporte público será disponibilizado de forma gratuita ao teresinense.

Como ter acesso à gratuitade

Segundo o decreto 23.095, da prefeitura de Teresina, o benefício da gratuidade será concedido entre 6h e 19h. Para ter acesso, o eleitor deverá apresentar o título de eleitor, ou e-Título ou, alternativamente, qualquer meio idôneo, físico ou eletrônico, que comprove a identidade e o local de votação do usuário.

O decreto diz ainda que as empresas vão receber os valores referentes a gratuidade que foi concedida, após comprovação do cumprimento da ordem de serviço emitida pela Strans.

Ainda ontem, o Setut disse que, devido ao curto período de tempo para efetivar os trâmites administrativos, a Strans deverá realizar o pagamento da gratuidade através da verba disponibilizada pelo Governo Federal, destinada para cobertura de custos anteriores, referentes às gratuidades de idosos.

Transporte intermunicipal também é gratuito

Para o eleitor que vota no interior do estado, o transporte intermunicipal de passageiros também é gratuito.  O benefício valerá entre as 4h da manhã do sábado, 29 de outubro, até 12h da segunda-feira, dia 31. O usuário precisa apresentar o título de eleitor ou e-título, ou qualquer meio que comprove a identidade e o local de votação do usuário. 

 

 

 

Hérlon Moraes
[email protected]

Imprimir