Cidadeverde.com
Cidades

Cerca de 8 mil alunos da rede estadual farão estágio profissional em 2023

Imprimir

Foto: Divulgação / Governo do Piauí

Conhecimento e qualificação profissional com vistas ao mercado de trabalho têm sido um grande diferencial na vida dos estudantes da educação profissional da rede estadual. Com a oferta de cursos técnicos nos 224 municípios, cada vez mais os jovens têm condições de adquirir uma profissão e seguir um futuro melhor sem precisar se deslocar de sua cidade.

Além das aulas teóricas, os alunos da rede estadual têm a oportunidade de vivenciar na prática os conteúdos vistos em sala de aula, por meio dos estágios supervisionados. E, em 2023, cerca de 8 mil estudantes da rede devem realizar estágio profissional.

Neusenildes Sena, técnica de apoio pedagógico e supervisora de estágios da Seduc, explica que em alguns cursos técnicos é obrigatório o estágio profissional supervisionado. Durante a prática, o aluno vivencia a inserção no mundo do trabalho através de situações de aprendizagem realística. Com isso, o aluno desenvolve habilidades técnicas da categoria em exercício.

“Nesse sentido, o estágio profissional supervisionado permite ao aluno uma analogia do saber e sua formação teórico-prático com os desafios profissionais. Os grupos de alunos recebem supervisão direta do professor orientador de estágio, assim possibilitando uma articulação constante dos conhecimentos trabalhados no curso”, relata a supervisora.

Em 2022, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) tem cerca de 1.800 alunos assegurados, aptos para atuarem nos campos de estágio. Os cursos técnicos que estes alunos estão concluindo são: Cuidados de Idosos; Enfermagem; Análises Clínicas; e Manutenção Automotiva.

Para o ano 2023, há uma previsão de cerca de 8.000 alunos para serem inseridos na apólice de seguros. Esse número teve um grande aumento devido às mudanças na matriz curricular de alguns cursos técnicos.

“O Seguro de Estágio é uma exigência determinada pela lei 11.788, de 25 de Setembro de 2008, e estabelece que todo estagiário deve estar assegurado por uma apólice de seguro contra acidentes pessoais. Segundo esta lei, a contratação do seguro de estágio é obrigatória. A Seduc assume essa total responsabilidade. Em contrapartida, a empresa parceira disponibiliza campos de estágio para nossos alunos”, complementa Neusenildes Sena.

Um do exemplo entre os estudantes é Tharsys Thaylson Rodrigues Aguiar, que concluiu o ensino Médio durante o ano de 2022 na Educação Profissional do Premen Norte, em Teresina, e atualmente é estagiário do Canal Educação.

“É a primeira vez que estou tendo contato com o mercado de trabalho e é uma experiência engrandecedora poder conhecer e aprender sobre a dinâmica de trabalho e o papel que cada um tem que desempenhar. Esse ano tentarei o Enem para o curso de Arquitetura”, afirma o estagiário.

Empresas interessadas em firmar parceria para a oferta de estágios aos estudantes podem buscar a Secretaria de Estado da Educação. A oferta deve ser nas seguintes áreas:

EIXO TECNOLÓGICO: AMBIENTE E SAÚDE

  • ? ANÁLISES CLÍNICAS – 250 H
  • ? CUIDADOS DE IDOSOS – 120 HS
  • ? DEPENDÊNCIA QUÍMICA- 120 H
  • ? ENFERMAGEM – 400 H
  • ? FARMÁCIA – 120 H
  • ? NUTRIÇÃO E DIETÉTICA- 120 H
  • ? SAÚDE BUCAL – 120 H
  • ? VIGIL NCIA EM SAÚDE – 120 H

EIXO TECNOLÓGICO: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS

  • ? MANUTENÇÃO AUTOMOTIVA- 200 H
  • ? METROLOGIA -120 H
  • ? SISTEMAS DE ENERGIA RENOVÁVEL – 120 H

EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

  • ? DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS – 120 H
  • ? TELECOMUNICAÇÕES – 120 H

EIXO TECNOLÓGICO: INFRAESTRUTURA

  • ? EDIFICAÇÕES: 120 H

EIXO TECNOLÓGICO: PRODUÇÃO ALIMENTÍCIA

  • ? AGROINDÚSTRIA – 120 H

EIXO TECNOLÓGICO: PRODUÇÃO INDUSTRIAL

  • ? AÇÚCAR E ÁLCOOL – 120 H

EIXO TECNOLÓGICO: RECURSOS NATURAIS

  • ? AGROPECUÁRIA – 120 H
  • ? AQUICULTURA – 120 H
  • ? ZOOTECNIA – 120 H

EIXO TECNOLÓGICO: TURISMO, HOSPITALIDADE E LAZER

  • ? GASTRONOMIA – 120 H

 

Da Redação
[email protected] 

Imprimir