Cidadeverde.com
Geral

Greve dos ônibus: Teresina entra no 3º dia de paralisação

Imprimir
A greve dos ônibus de Teresina entra em seu terceiro dia. Desde que foi desencadeada na última segunda (18), a greve dos motoristas, cobradores e demais servidores das empresas de transporte coletivo da capital piauiense causa transtornos à população. Diversas rodadas de negociação acontecem desde a semana passada, mas trabalhadores e donos das frotas dos veículos não chegam a um acordo.
 

 
Nos últimos três dias, pelo menos 30 de ônibus foram alvo de ataques com pedras, bombas caseiras e até mesmo tiros. Motoristas, cobrador e usuários foram feridos. A polícia investiga os atos.
 
Os ânimos se acirram com as duas categorias fazendo o possível para fazer valer suas necessidades, quer seja o aumento de salário, quer seja o retorno normal da circulação dos coletivos.
 
Confira o que foi publicado sobre a greve:
 
Catracas de ônibus são liberadas durante greve
Estudantes são obrigados a pagar mais de meia passagem em alternativos
Tumulto na garagem: sindicato acusa empresa de não pagar motoristas
Associação faz relatório sobre greve e entrega a vereadores
3º dia de greve inicia com 4 ônibus depredados
Acontece na Cidade mostra vandalismo contra ônibus coletivos de Teresina 
Sintetro e Setut ainda estudam proposta do TRT e greve continua
No segundo dia da greve 18 ônibus foram apedrejados e baleados
Em 2 dias, 26 ônibus são alvos de atentado;Sindicatos se acusam
2º dia de greve: 18 ônibus apedrejados, tiros e usuário ferido
Sindicato não cumpre liminar e frota fica abaixo de 50%
TRT/PI convoca reunião para encerrar greve nesta terça
Parte dos ônibus cadastrados não funcionará à noite 
Sindicato acusa empresas de provocarem ataques a ônibus
TRT ordena que 50% da frota de ônibus circule durante a greve
135 veículos alternativos circulam em Teresina 
Motorista é ferido durante greve; ônibus é apedrejado
Ônibus coletivos de Teresina foram quebrados durante a madrugada 
Sindicalistas impedem saída de ônibus em 2 empresas
Estudantes vão pagar R$ 0,85 em dinheiro durante greve dos rodoviários
DRT pede suspensão, mas sindicato mantém greve
Deputado do PT apóia greve dos ônibus
Motoristas rejeitam reajuste de 7% e greve é confirmada
Presidente do TRT tenta acordo para barrar greve
 
Carlos Lustosa Filho
Tags:
Imprimir