Cidadeverde.com
Esporte

Seleção brasileira confirma febre de Neymar, mas diz que caso não preocupa

Imprimir

A seleção brasileira confirmou que Neymar teve febre na segunda-feira (28) na concentração da seleção brasileira em Doha, no Qatar. Em vídeo divulgado pela CBF, o médico Rodrigo Lasmar não deu muitos detalhes do caso, mas descartou preocupação com o tema.

"O Neymar apresentou episódio de febre que já está controlado e não interfere no processo de recuperação do tornozelo", afirmou Lasmar.

Neste mesmo vídeo, ele disse que o camisa 10 não estará disponível para o jogo de sexta-feira (2) contra Camarões, mas pelo problema do seu tornozelo direito. Danilo, com lesão no tornozelo esquerdo, e Alex Sandro, com lesão muscular no quadril, também são desfalques.

A febre de Neymar foi revelada na segunda em entrevista de Vini Jr. Além desse problema com o camisa 10, Antony, Lucas Paquetá e Raphinha também apresentaram alguns sintomas gripais.

Neymar assistiu ao jogo entre Brasil e Suíça diretamente do quarto do seu hotel, enquanto Danilo foi para o estádio e chegou até a fazer tratamento na beira do gramado.

Nenhum jogador foi testado para covid-19 porque o departamento médico entendeu que não havia necessidade. A Fifa não estabeleceu checagens de rotina na Copa do Mundo para as seleções, assim como o Qatar não exige testes de torcedores, jornalistas e todo mundo que entra no país.

Fonte: UOL - FOLHAPRESS

Imprimir