Cidadeverde.com
Esporte

Castroneves ganha pela 3.ª vez as 500 milhas de Indianápolis

Imprimir
Hélio Castroneves alcançou a redenção neste domingo e venceu, pela terceira vez na carreira, as 500 milhas de Indianápolis. Uma vitória incontestável, com amplo domínio da prova e muita emoção para ele e sua família, depois de todos os problemas que teve na Justiça. Ele se torna o brasileiro com mais vitórias na prova, ultrapassando justamente Emerson Fittipaldi, 20 anos depois da primeira conquista.



"Foi uma batalha muito dura. Muitos amigos não deixaram de acreditar, só tenho a agradecer, principalmente à minha família. Sou uma pessoa melhor, tinha que passar por isso. O carro estava muito bom, falei que ia dar Brasil, e foi comigo", discursa o piloto, em entrevista à televisão.

Ele ainda conta que teve dois problemas: o rádio tinha interferências e o câmbio não funcionava corretamente. "Eu já tinha falado que o que estava usando [o rádio] não estava funcionando, não estava bom. Mas é parte do contexto agora. A coisa está acontecendo da maneira certa, e tem mais", emenda.

O acidente com Justin Wilson na volta 162 fez com que o brasileiro antecipasse sua parada, voltando na liderança, à frente justamente do companheiro Briscoe. Foi neste momento que ele praticamente garantiu a vitória, já que abriu a vantagem necessária na relargada após o acidente envolvendo os brasileiros Vitor Meira e Raphael Matos (abaixo).

Mário Moraes (KV) não passou da curva 2, logo na largada. Ele tentou a ultrapassagem por Marco Andretti no lado do muro e acabou prensado, batendo. O brasileiro teve de abandonar, sendo visível sua irritação e decepção. "É duro terminar assim, trabalhamos um mês para este momento e acaba desse jeito, uma pena", diz Moraes, à TV.

Tags:
Imprimir