Cidadeverde.com
Últimas

Como ministro, Wellington Dias afirma que meta é tirar Brasil do mapa da fome

Imprimir

Anunciado como o próximo ministro do Desenvolvimento Social, o ex-governador e senador eleito pelo Piauí, Wellington Dias (PT) afirmou que uma das metas no comando da pasta será trabalhar de forma integrada com outras áreas para “tirar novamente o Brasil do mapa da fome. Trabalhar os quatro anos nessa direção”.  

Lula confirmou a indicação do piauiense para o cargo nesta quinta-feira (22), durante coletiva no escritório de transição em Brasília. Na oportunidade, o líder petista destacou seu desempenho eleitoral no Piauí e lembrou que o estado foi o berço do programa Fome Zero em 2003, durante o seu primeiro mandato. 

 

 

No Ministério do Desenvolvimento Social, Wellington Dias será o responsável por comandar o Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e o principal programa de transferência de renda do governo federal, o Bolsa Família. "Sei do tamanho da minha responsabilidade, mas estou aqui com muita disposição para acertar", garantiu. 

Para além das ações de responsabilidade da pasta, o ex-governador reforça a importância de integração entre os membros da equipe que está sendo montada pelo presidente Lula para a implementação das promessas de campanha. “Podemos cuidar com muita dignidade de cada pessoa, de cada família, com esse olhar especial para quem mais precisa”, frisou. 

“Garantir o trabalho integrado em todas as áreas, com essa rede social extraordinária do Brasil. Estados, municípios e também o setor privado, garantir que a gente tenha as condições de, com todo o governo, abrir oportunidades, fazer crescer a economia, a abertura de oportunidades para o emprego e o trabalho”, concluiu Wellington Dias.

Breno Moreno
[email protected]

Imprimir