Cidadeverde.com
Esporte

Juninho deixa o Lyon, e fica entre o mundo árabe e o Vasco

Imprimir
Após oito temporadas no Lyon, onde liderou a conquista de um inédito heptacampeonato nacional pelo clube entre 2002 e 2008, o meio-campo Juninho Pernambucano irá sair da equipe ao término do Campeonato Francês, que se encerra neste final de semana. Com o desligamento do jogador do time europeu, a tendência é que Juninho siga para o futebol árabe ou reforce o Vasco na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro.
 

"Ele nos pediu ontem (segunda-feira) para deixá-lo sair com o passe livre. Por tudo que ele fez por nós e pelo que representa para nós, achamos que é muito justo acatar seu pedido. Vamos aceitar rescindir o contrato de um ano que resta", declarou Jean-Michel Aulas, presidente do Lyon, nesta terça-feira. Sentado ao lado de Aulas na coletiva em que foi feito o anúncio, Juninho saiu sem falar, muito emocionado e com os olhos marejados.

De acordo com a assessoria do jogador brasileiro, não existe nenhuma possibilidade de o meia permanecer no futebol europeu, justamente pelo respeito que o atleta tem pelo time francês e também pela gentileza prestada pelo Lyon, que o liberou com um ano de contrato ainda a cumprir na França.

"Ele fez um acordo com o Lyon, já que ele ainda tinha mais um tempo de contrato. É por isso que na Europa ele não fica. As possibilidades são o mundo árabe ou voltar para o Vasco. No Brasil não há qualquer possibilidade de ele jogar em outro clube que não seja o Vasco, por tudo o que o clube fez por ele", explicou o assessor Flávio Dias.

Na última semana, o Vasco, que está na semifinal da Copa do Brasil, e disputa a Série B do Campeonato Brasileiro, manifestou novamente o interesse de contar com Juninho, que brilhou pela equipe carioca por mais de seis anos, caso ele deixasse realmente o Lyon.

"O São Paulo já procurou o Juninho várias vezes, chegou a mandar representante, mas ele, sempre educado, recusou, já que não há ambiente para ele atuar em outro clube brasileiro, seria comprar briga à toa com a torcida vascaína. E disputar a Série B não seria problema para ele. Ele está na expectativa de uma proposta, de um plano sério e completo", completou Dias.

Juninho, de 34 anos, não joga pelo Lyon na última partida do Francês, neste sábado, por suspensão. Assim, o atleta realizou sua última partida pela equipe na vitória por 3 a 1 do time sobre o Caen na 37ª rodada do campeonato local. Ele atingiu uma marca histórica no jogo, ao marcar seu 100º gol pelo clube, em cobrança de pênalti que abriu o placar para o triunfo.

Na partida que marcou a despedida de Juninho do Lyon, onde se tornou um dos maiores ídolos da história do clube, o pernambucano foi muito ovacionado pela torcida, e saiu bastante emocionado de campo, após atingir mais uma marca histórica pela equipe, garantida na próxima Liga dos Campeões da Europa, após confirmar a terceira posição no Campeonato Francês.
 
Fonte: Uol
Tags:
Imprimir