Cidadeverde.com
Esporte

Rivengo das faixas ficou no empate sem gols

Imprimir

O Rivengo desta terça-feira(30) ficou muíto longe das tradições do clássico. Ficou mais para treinamento do que para jogo. O placar de zero a zero foi perfeito para a qualidade do espetáculo. Os dirigentes simplesmente marcaram um clássico em momento inoportuno. Estava absolutamente claro que a presença de público seria pequena, com reflexos para o desempenho das equipes. Um mínimo de planejamento deixaria claro que a programação estava totalmente errada.

Ficha técnica de Flamengo 0 x 0 River:

Local - Albertão

Árbitro - Leonardo Marques.

Auxiliares - Rogério de Oliveira Braga e Francisco Júnior.

Quarto árbitro - Rômulo Lima.

O River jogou com: Carlos Henrique; Jorginho, Índio, Álisson e Ricardo (Léo Alves); Daniel, Lúcio (Jó), Jarbas e Chapadinha (Buda); Curiri e Luiz Eduardo. Técnico - Mário Tilico.

O Flamengo jogou com : Beto; Niel (Joniéric), Marcelo, Serginho (Binha) e Batata (Zuza); Alessandro (Máiquel), Célio (Laércio), Luciano (Tiago Maia) e Michel (Bruno Potiguar); Joniel (Maarcelo Sá) e Roni (Maranhão). Técnico - Paulo Moroni.

Renda e público - não informados.


Antes do jogo os jogadores do Flamengo receberam as faixas pela conquista do campeonato piauiense de 2009 e ainda foram entregues troféus aos destaques da competição.

Na preliminar River e Krac empataram por 1 x 1 pelo campeonato piauiense da categoria Sub-18. O time tricolor, após os elogios recebidos pela atuação invicta mostrou pouco futebol. Os jogadores deram a impressão de que já estavam consagrados campeões. Na próxima semana será marcado o chamado jogo de volta. Quem perder estará eliminado. Na preliminar de Flamengo x Treze de Campina Grande jogarão Piauí x Tiradentes, no domingo.


Dídimo de Castro
Tags:
Imprimir