Cidadeverde.com

Brasil também é referência de ações para o G20, afirma Wellington Dias

Fotos: Roberta Aline/MDS 

Por Rebeca Lima 

Inicia na próxima quarta-feira (22), em Teresina, um dos encontros do G20 que vai reunir especialistas, autoridades e cerca de 50 delegações internacionais. Em entrevista ao Notícia da Manhã desta sexta-feira (17), o ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome do Brasil, Wellington Dias, destacou que o Brasil também será referência para as ações de combate à fome e à pobreza.

Leia também: 

“O Brasil chega com uma situação positiva, mesmo com essa situação do Rio Grande do Sul, mas em 2023 a gente começou o ano com 33 milhões no mapa da fome, na insegurança alimentar e nutricional e reduzimos para 24,4 milhões em 2023. Tivemos redução da extrema pobreza, que era em torno de 17% e caiu para 7,6%, a redução da pobreza e também a redução da desigualdade. Então, o Brasil chega em uma posição muito de cobrança também para que todos os países possam se engajar”, disse.

O objetivo principal do encontro na capital do Piauí, segundo Wellington Dias, é definir o entendimento técnico das iniciativas da Aliança Global contra a Fome e a Pobreza.

“Nós vamos ter aqui um entendimento, são delegações que representam países, blocos de países, G7, União Árabe, União Africana, os países da América Latina e do Caribe, vários blocos com a presença da representação dos países mais ricos do mundo e também dos organismos internacionais, da FAO, Unicef, Banco Mundial ligados à ONU. O que a gente espera em Teresina é que a gente complete o entendimento que já teve agenda no Rio, em Brasília e agora essa de Teresina, para ver se fechamos o chamado entendimento técnico para garantir que se tenha aqui os termos da aliança”, complementou.

G20

As reuniões oficiais do G20 ocorrem entre os dias 22 e 24 de maio com a 3ª reunião da Força-Tarefa para construção da Aliança Global contra a Fome e a Pobreza, que deve juntar cerca de 50 delegações internacionais no Centro de Convenções de Teresina para acertar os termos finais da Aliança Global.

No dia 22, após participarem da abertura da reunião, o ministro Wellington Dias terá encontro com a imprensa para tratar das expectativas do evento. Já no dia 24, ao fim da reunião, a equipe técnica da Força-Tarefa concede coletiva de imprensa para fazer um balanço.

Em seguida, ainda no dia 24, as delegações do G20 poderão conhecer, in loco, como os programas de combate à fome funcionam no estado por meio de duas visitas de campo. A primeira será na horta comunitária do povoado Ave Verde, onde técnicos terão a oportunidade de ver, na prática, como é incentivada a produção da agricultura familiar no entorno de Teresina. Em seguida, os participantes irão à Quitanda da Agricultura Familiar, no Espaço Rosa dos Ventos, da Universidade Federal do Piauí (UFPI), onde os produtores podem comercializar seus alimentos, cultivados localmente, para o consumidor. 

Veja mais: 

Confira a entrevista completa com o ministro Wellington Dias no vídeo abaixo: 

 

Você pode receber direto no seu WhatsApp as principais notícias do CidadeVerde.com
Siga nas redes sociais