Cidadeverde.com
Geral

Delegado em "Pânico" se afasta de operação no Piauí

Imprimir
O delegado Marcos Vinícius, titular da delegacia de Corrente, está sofrendo de depressão e síndrome do pânico após investigar e prender os traficantes da região. Segundo o delegado Evaldo Farias [foto], coordenador da Força Tarefa, Marcos Vinicius está sob atestado médico.
 

 

Por conta das investigações, Marcos Vinícius estaria sofrendo ameaça de morte pelos traficantes.

 

O delegado é natural de São Paulo. Sua mãe veio ao Piauí buscá-lo para que ele possa ser submetido a tratamento psicológico. A licença médica tem duração de 45 dias.

 

Caroline Oliveira (flash)

Leilane Nunes (redação)

 

[email protected]

 

Tags:
Imprimir