Cidadeverde.com
Entretenimento

História em Quadrinhos sobre Guerra do Jenipapo será lançada na Feira HQ

Imprimir
Ilustração de Victor Rolf

Um dos episódios mais sangrentos do Brasil acaba de ter mais um empurrãozinho rumo a uma maior visibilidade nacional. A Batalha do Jenipapo, um dos mais marcantes combates já existentes no país, saltou dos livros de Histórias – principalmente piauienses, diga-se de passagem – para os quadrinhos e deve tornar mais simples e acessível o conhecimento acerca desta luta às margens do rio Jenipapo em Campo Maior.

A história em quadrinho “Foices e Facões – A Batalha do Jenipapo” será lançada no próximo dia 18 em formato livro (15cm X 22cm) durante o encerramento da 10ª Feira HQ, que começa na sexta que vem (11). O comic book tem 152 páginas e é uma realização dos irmãos Caio Thiago (arte) e Bernardo Aurélio (roteiro, arte-final e editoração). “Este é projeto meu mesmo que demorou um ano para ser feito, desde quando fiz as pesquisas”, relata Aurélio.
 
Capa do comic book sobre a Batalha do Jenipapo
Segundo ele, estão retratados na obra, os fatos mais importantes referentes à batalha que para ser retratada também teve de contar com personagens fictícios junto aos nomes reais. “A história é centrada em personagens fictícios: uma família de vaqueiros que deve decidir se vai ou não participar da Batalha e por quais motivos”, descreve o roteirista. A publicação também conta com diversos desenhistas e artistas gráficos da capital, como Albert Piauí, Jota A, entre outros que também realizaram ilustrações sobre este capítulo sangrento da nossa história.
 
 
 
O artista plástico Amaral também participa do livro.

A tiragem total será de 2.100 exemplares, dos quais apenas 400 estarão disponíveis para a venda na Banca do Ribamar, esquina da Avenida Areolino de Abreu com Sete de Setembro, após o lançamento. O restante será distribuído pela Fundac para escolas e demais instituições.

Balaio
Outra obra história que será lançada durante a Feira HQ será “Balaiada – A Guerra do Maranhão” dos maranhenses Iramir Araújo, Ronilson Freire e Beto Nicácio. Esta história em quadrinho de aproximadamente 80 páginas será lançada no Clube dos Diários no dia 11.
 


Carlos Lustosa Filho
[email protected]

Tags:
Imprimir