Cidadeverde.com
Geral

Força tarefa leva denúncias ao MP e Tribunal de Contas

Imprimir
Em 25 dias de caminhada, o grupo encontrou vários indícios de corrupção pelos 300 Km percorridos Piauí a dentro. O grupo entrega um relatório na manhã de hoje ao TCE, TCU, Superintendência Regional do Trabalho, Ministério Público Estadual e Federal.
 

Segundo o presidente da força tarefa, Arimatéia Dantas, as irregularidades são inúmeras. Mas a que mais chama a atenção é uma escola na localidade Papagaio, em Colônia do Piauí, onde as crianças convivem com barbeiros em sala de aula. Segundo os moradores relataram aos ativistas, uma pessoa havia morrido há poucos dias vítima da Doença de Chagas.

Além disso, foi constatado que a prefeitura efetuou contratação de servidores sem concurso público, ocupando o lugar de pessoas que foram aprovadas no concurso realizado em 2007.

A marcha passou também pelo município de Floriano. E lá encontraram um conjunto residencial em construção, cuja obra se transformou em escombros. Vândalos roubam o material de construção. Cerca de 100 das 280 moradias iniciadas foram ocupadas e famílias estão morando em situação precária.

Um matadouro foi encontrado inacabado. Desde 2007 foi liberado R$ 195 mil para construção, por meio de convênio celebrado com o Mininistério da Agricultura. Os ativistas constataram que a obra está abandonada.

Segundo Arimatéia Dantas, foram 25 longos dias de caminhada pelos municípios piauienses. O relatório será entregue aos órgãos para que tomem atitude a respeito.

Leilane Nunes
leilanenunes@cidadeverde.com

Tags:
Imprimir