Cidadeverde.com
Esporte

São Paulo se preocupa com julgamento de atletas no STJD

Imprimir

Depois de ter sido surpreendido com a perda do mando de uma partida neste Campeonato Brasileiro, os são-paulinos estão preocupados com o destino de Borges, Dagoberto e Jean, que serão julgados na noite de quarta-feira pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

Na próxima rodada do Brasileirão, diante do Botafogo, o São Paulo já sabe que terá os desfalques de Hugo e André Dias, que receberam o terceiro cartão amarelo. Por isso, Ricardo Gomes está ainda mais preocupado com a possibilidade de perder os outros três atletas no STJD.

"Estava sem esses três jogadores contra o Vitória (por suspensão automática), mas não reclamei e achei que o time não sentiria as ausências. Mas, se ficarmos sem cinco jogadores, seremos prejudicados, ficaria impensável", analisou.




Ricardo Gomes teme em ficar sem seus principais atletas na reta final



Borges corre o risco de ser suspenso entre 120 e 540 dias, enquanto Dagoberto pode pegar gancho de duas a seis partidas. Já o volante Jean tem a chance de ser suspenso entre um e três jogos.

Assim como o técnico Ricardo Gomes, o capitão Rogério Ceni também está preocupado com a situação do trio, principalmente depois da derrota do Tricolor no STJD em relação à perda do mando de campo.

"Vamos aguardar a quarta-feira. Acredito que já cumpriram suspensão e podem estar livres, mas, mediante a esta decisão (de mando de campo), que não era esperada, temos que esperar talvez alguma coisa que não seja só uma partida para os jogadores. O Jean nem tem nada, mas os outros dois podem sofrer uma sanção maior", comentou.


Fonte: IG
Tags:
Imprimir