Cidadeverde.com
Geral

Sete são presos no MA; Mãe e filha envolvidas no assalto ao BB

Imprimir




A polícia confirmou a prisão de mais cinco pessoas, sendo três homens e duas mulheres, suspeitos de integrarem a quadrilha que tentou assaltas o Banco do Brasil de Miguel Alves, 110 quilômetros ao norte de Teresina. Entre os presos estão mãe e filha. A previsão é de que todos sejam recambiados para a capital até a noite da próxima terça-feira.

O capitão Fábio Abreu, comandante das Rondas Ostensivas de Natureza Especial - RONE - confirmou as prisões realizadas na tarde desta segunda-feira (14) no município de São Mateus, no Maranhão. Segundo ele, entre os presos na ação conjunta da Polícia Civil, Rone, Gate (Grupo de Ações Táticas Especial) e outros grupamentos, estaria um dos líderes da quadrilha. Os nomes ainda não foram divulgados oficialmente.



O presidente da Comissão Investigadora do Crime Organizado - CICO -, delegado Bonfim Filho, informou que entre os presos estariam uma mulher identificada como Cristina e sua mãe. Além delas, foram detidos por equipe do Gate, comandada pelo capitão Alves, os homens identificados inicialmente como Lourinho, Chiquinho, e Carbono.

Outros dois presos na semana passada continuam detidos na delegacia de Coelho Neto/MA. Os delegados Carlos César e Danilo Melo, da CICO, estão a caminho de Miguel Alves com os mandados de prisão e as cartas precatórias para recambiar os acusados.

A tentativa de assalto foi realizada no dia 7 de dezembro. O banco estava fechado por conta do feriado e os bandidos não conseguiram levar dinheiro da agência. Depois, roubaram lojas vizinhas.


Fábio Lima
[email protected]

Imprimir