Cidadeverde.com
Últimas

Garoto de dois anos caminha após cirurgia para retirar agulhas

Imprimir

O menino de 2 anos que tem dezenas de agulhas espalhadas pelo corpo caminhou pela primeira vez, na manhã desta sexta-feira (25), após a segunda cirurgia para retirada de objetos pontiagudos do fígado, intestino e bexiga. O garoto contou com a ajuda de fisioterapeutas do hospital para fazer a caminhada pelos corredores do hospital, em Salvador.


“Essa caminhada faz parte do processo de recuperação dele. Ele está muito bem, os exames estão normais e ele tem uma previsão de recuperação bem rápida”, disse ao G1 o médico Roque Aras, diretor do hospital onde o menino está internado.




Segundo Aras, a criança deve ter alta da UTI e será transferida para o quarto na manhã de sábado (26). A transferência ocorrerá após uma avaliação médica.


Cirurgias
Na próxima semana, o menino deve ser submetido a uma terceira cirurgia para retirada de agulhas na coluna.


“Uma agulha está no canal medular e há outras paralelas à coluna. Também sabemos que há outras agulhas no pescoço. A equipe vai se reunir para ver como será feito o procedimento”, explicou Aras.

Ainda não foi definida a data da operação. “Como é uma cirurgia de menor risco, essa operação foi deixada para um terceiro momento, quando ele estivesse em uma condição clínica melhor”, afirma Aras.


Os médicos fizeram a primeira cirurgia na criança no dia 18 de dezembro. O objetivo foi retirar agulhas do pulmão e coração do garoto. No total, a equipe recolheu quatro objetos pontiagudos. O procedimento durou cerca de cinco horas.


A segunda cirurgia foi realizada no dia 23 de dezembro, quando os médicos retiraram 14 agulhas do fígado, intestino e bexiga.


Crime
Segundo a polícia, o padrasto do menino confessou o crime. Ele disse à polícia que teve ajuda de duas mulheres. Os três estão presos.

O homem afirmou que enfiava as agulhas no corpo do menino como parte de um ritual religioso.


Fonte: G1

Imprimir