Cidadeverde.com
Economia

Ganhador da Mega da Virada poderia até comprar empresas

Imprimir

A Mega-Sena da virada do ano pagará mais de R$ 120 milhões ao ganhador do concurso, um valor recorde. O prêmio mais alto pago até hoje foi de R$ 65 milhões, em 1999. Com o montante, que será sorteado às 20 horas do dia 31 de dezembro, o apostador poderia adquirir, por exemplo, o controle da fabricante nacional de produtos têxteis Döhler, cujo valor de mercado é R$ 120,9 milhões.



Outras opções seriam a empresa do setor de siderurgia Panatlântica, que atualmente vale R$ 118,3 milhões, ou o conglomerado de empresas de comércio Battistella, avaliada em R$ 104,7 milhões. As informações fazem parte de um levantamento da consultoria Economatica, divulgado nesta quarta-feira, 30.

A lista também inclui a fabricante de peças para o setor automotivo Wetzel (R$ 66,8 milhões) e a companhia de engenharia Tecnosolo, também avaliada em R$ 66,8 milhões. Por outro lado, o ganhador poderia quitar dívidas milionárias de grandes empresas também listadas na bolsa paulista.



A Whirlpool, dona da marca de eletrodomésticos Brastemp, por exemplo, conta com uma dívida de R$ 122,3 milhões, segundo os números do balanço do 3º trimestre deste ano. A Hering, que deve R$ 95,08 milhões, e a Bombril, que anunciou uma dívida de R$ 73,9 milhões, também poderiam ter suas contas sanadas com o prêmio, de acordo com o levantamento.

As apostas podem ser feitas até as 14 horas da quinta-feira, 31. A Caixa Econômica Federal (CEF) já informou que o prêmio não vai acumular. Caso nenhum apostador acerte os seis números sorteados, a entidade pagará a quem acertar a quina.

Fonte: estadao

Imprimir