Cidadeverde.com
Geral

Piauiense é encontrada morta carbonizada em Santo André

Imprimir

Uma equipe de investigação do setor de Homicídios da Polícia Civil de Santo André está investigando a morte da piauiense Cláudia da Silva Borges, de 38 anos, que foi encontrada carbonizada debaixo de um viaduto, na periferia de Santo André-SP. O corpo foi encontrado no último domingo(10).



Segundo o investigador Canasstra, ela foi encontrada junto a pedaços de papelão, que haviam colocado fogo da cintura para cima. Ele disse que está acelerando as investigações, porque já tem um suspeito, mas não quis revelar a identidade.

“Pedimos aos familiares para virem prestar depoimento ainda hoje, mesmo com o enterro sendo realizado agora, mas como já temos um nome, queremos tentar resolver logo e também pelo jeito que ela foi morta”, explicou o investigador ao Cidadeverde.com.

O local onde o corpo foi encontrado, embaixo de um viaduto na avenida Prestes Maia, é ermo, e utilizado por usuários dos mais diversos tipos de drogas. “Lá fica próximo a uma favela chamada Tamarutar, onde os moradores vão para lá para usar entorpecentes. Eu acredito que o crime aconteceu na madrugada e logo de manhã denunciaram à polícia”, revelou Canasstra.

Ele disse ainda que somente com o depoimento dos familiares poderá descobrir porque o corpo de Cláudia estava naquele local.

O enterro aconteceu por volta das 10 horas, em Santo André-SP, onde a piauiense morava com a mãe e irmãos. Ela é natural de Elesbão Veloso.



Caroline Oliveira
[email protected]

Imprimir