Cidadeverde.com
Esporte

Fluminense passa pelo Volta Redonda com vitória magra

Imprimir
Sem poder contar com Fred, o Fluminense perdeu muitos gols, mas derrotou por 1 a 0 o Volta Redonda, neste domingo, no Maracanã, pela Taça Guanabara. Com o gol do zagueiro Leandro Euzébio logo no início do jogo, o tricolor chegou a nove pontos e se igualou ao Flamengo com 100% de aproveitamento no Grupo A. Já o Volta Redonda segue com apenas um ponto.



Na próxima rodada, o Fluminense vai encarar o Duque de Caxias, na quinta-feira, na Cidade do Aço. Já o Volta Redonda vai receber o Boavista também no Raulino de Oliveira, mas na quarta-feira.

O jogo - O Fluminense começou com tudo para cima do Volta Redonda. Logo aos cinco minutos, o zagueiro Leandro Euzébio recebeu a bola na intermediária esquerda, avançou e arriscou de fora da área. A bola foi cruzada no gol de Évertom, que tentou, mas não chegou a tempo de impedir a abertura do placar.

Após o gol, o Flu seguiu melhor e pressionando o Volta Redonda, que com um esquema com somente um atacante, pouco atacava. Aos 13 minutos, em um ataque rápido, Mariano tocou para Conca dentro da área. O argentino chutou cruzado pela esquerda, mas desta vez a bola foi para fora.

A primeira boa chance do Volta Redonda só aconteceu aos 18 minutos, quando Tássio fez boa jogada e tocou para Guilherme. O meia arriscou da entrada da área e a bola passou com perigo perto do gol de Rafael. Mesmo depois do lance, o Fluminense seguiu melhor, rondando a área dos visitantes, mas sem concluir com perigo.

Nos minutos finais, as duas equipes ainda esboçaram uma pressão. No entanto, ambas esbarraram nas defesas adversárias e na falta de capricho na armação das jogadas.

O segundo tempo começou como terminou a etapa inicial, mas desta vez com o Volta Redonda mais disposto a conseguir o empate. A torcida sentindo que o tricolor não retornou bem do vestiário passou a reclamar. A pressão dos torcedores acordou o Fluminense, que teve a primeira boa chance de ampliar aos oito minutos. Conca cobrou falta na área e Leandro Euzébio cabeceou sozinho, mas para fora.

Aos 13 minutos, o Fluminense teve outra boa chance de marcar com um zagueiro. Conca cobrou escanteio e a bola sobrou para Gum, que virou e chutou cruzado, mas novamente para fora do gol de Éverton. No minuto seguinte, foi Júlio César que finalizou mal. Novamente Conca foi quem tocou e o lateral-esquerdo chutou por cima do travessão do Volta Redonda.

Em um dos poucos lances de maior perigo armado pelo Volta Redonda, aos 23 minutos, o meia Guilherme arriscou da entrada da área e Rafaeel foi obrigado a espalmar para a entrada da área. Para sorte do Fluminense, a zaga tricolor estava atenta e colocou para escanteio. Cinco minutos depois, após cobrança de falta, Alcir cabeceou, mas para fora.

A resposta do Fluminense veio no minuto seguinte. Kieza recebeu na área, driblou Éverton, mas quando foi chutar já estava sem ângulo e colocou para fora desperdiçando ótima chance de ampliar o placar. O tricolor teve outra chance de marcar aos 32 minutos quando Alan recebeu lançamento e chutou em cima de Éverton.

O goleiro do Volta Redonda começou a ser a principal figura na partida quando impediu o segundo gol do Fluminense aos 35 minutos, em cobrança de falta de Conca. Nos minutos finais, o tricolor tentou, mas não conseguiu sair do Maracanã com um placar mais dilatado. Já os visitantes permaneceram sem força ofensiva e impossibilitado e buscar um resultado melhor.



Fonte: Gazeta

Imprimir