Cidadeverde.com
Entretenimento

Roberto Muller teve alta do AVC e quer indenização do governo do PI

Imprimir

O cantor Roberto Muller, 73 anos, teve alta do hospital da Restauração, em Recife (PE), e brinca com o AVC que sofreu recentemente: “Não foi desta vez, apesar de livros afirmarem que eu já morri”. Internado há cerca de dois meses, Roberto Muller, conta no Cidadeverde.com como passou mal e a internação.



“Eu estava assobiando, indo para o banheiro quando sentir tudo escurecer e cai de cabeça. Acordei estava no hospital”, conta Roberto Muller que tem mais de 50 anos de carreira e segundo ele foi à primeira vez que entrou em um hospital.


Já em casa em Recife, o cantor diz que está fazendo fisioterapia na perna, após sequelas do AVC.


“Eu estou bem. Acredito que em 60 dias estarei restabelecido para fazer shows. Eu não entortei a cara, a voz não mudou e só tive problema com a perna direita”, disse por telefone ao Cidadeverde.com.



Com 50 LPs e 18 CDs lançados pela gravadora Sony & BMG, o artista de Piracuruca destaca como sendo seus “hits” as baladas românticas “Entre espumas”, “Sofro por ti” e “Nunca mais brigarei contigo”.


Indenização

Muller lembrou ainda que não abre mão da indenização contra a Secretaria Estadual de Educação que publicou livro didático afirmando que ele já estaria morto.


Ele disse que o seu advogado está cuidando da ação e aguarda uma posição da justiça do Piauí.



Flash Yala Sena
yalasena@cidadeverde.com

Imprimir