Cidadeverde.com
Economia

Bebida artesanal faz sucesso no Festival de Inverno e gera renda

Imprimir

Uma bebida artesanal está fazendo sucesso no sétimo Festival de Inverno de Pedro II, é a Maracuchaça, uma mistura de mamão, murici, goiaba e cachaça, servido dentro de um maracujá orgânico produzido em Ubajara-Ce.



O empresário Francisco José Gomes, o inventor da mistura, participa pela terceira vez do evento e afirma que a cada edição a bebida se torna mais conhecida e conquista o paladar do público.

Em 2008, seu Gomes, como é conhecido trouxe 200 maracujás para o Festival e todos foram consumidos ainda no primeiro dia. No ano passado foram 600 maracujás vendidos em dois dias. Este ano, ele não voltará para o Ceará antes do Festival acabar pois trouxe mil maracujás. "Este ano fico até o final, mas não voltou para casa com o produto", destacou.

A Maracuchaça é comercializada a R$ 5,00, em tenda instalada em frente a Praça da Bonelle. A bebida é mantida no gelo, devido ao murici, que é ua fruta que fermenta rapidamente, e que se não for conservada em condições adequadas pode amargar a mistura.

Gomes conta que a idéia de fabricar a Maracuchaça surgiu há seis anos, por conta de na Serra da Ibiapaba ter muitas frutas. “Comecei a misturar frutas e fui testando os sabores, sempre atento à opinião do público, pois o paladar é diferente de pessoa para pessoa. Aí surgiu a Maracuchaça”, explica Gomes.

Há seis meses, foi iniciado o processo de patente da Maracuchaça. A primeira grande feira em que a bebida foi apresentada ao público, foi no Festival Mel, Chorinho e Cachaça, que acontece em Viçosa, no Ceará. Logo depois, a Maracuchaça começou a fazer sucesso no Festival de Inverno de Pedro II.



Para o empresário, o Festival de Inverno é um mega evento que cresce a cada dia, sendo uma vitória para a cidade de Pedro II, para o povo da região e para o Estado como um todo. “A tendência é que esse evento se torne ainda maior. O espaço do festival já está ficando pequeno para receber tanta gente e é importante destacar que o público é bastante seleto. Este ano, por exemplo, são esperadas vinte mil pessoas”, comenta.

A receita da Maracuchaça é passada de pai pra filho, mas o segredo é mantido em família. Gomes, que já foi caminhoneiro por dezesseis anos, conta que o mundo é cheio de oportunidades e que muitas pessoas tem idéias brilhantes, o que falta é incentivo para que novos empreendimentos surjam nas diversas regiões do país.

O Festival de Inverno de Pedro II é uma realização da Prefeitura Municipal de Pedro II, em parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, Sebrae no Piauí e Governo do Estado.



Caroline Oliveira (Direto de Pedro II)
com informações da Agência Sebrae Piauí
[email protected]

Imprimir